Não é novidade: O Facebook é a maior rede social do mundo! Em outubro de 2013 atingiu a marca de 1,2 bilhões de usuários! A estrutura de organização do Facebook além de permitir a conexão de pessoas e desenvolver vários tipos de relações entre elas, está se revelando uma forma bacana de levar os produtos e serviços por quem se interessa por eles através das campanhas e anúncios do Facebook Ads, fortalecendo a expansão de empresas no âmbito digital.

Você sabe como criar campanhas e anunciar seus produtos, serviços, sites ou fã pages no Facebook? Como alcançar as pessoas que se interessam pelo que você oferece? Não? Então vamos lá! Realize o login em sua conta ou página empresarial como administrador. Procure no canto esquerdo na seção “páginas” a opção criar anúncios.

  1. Objetivo de Campanha

Qual é o objetivo da sua campanha? Que aumente as opções curtir e compartilhar da sua fã page? Ou que aumentem os cliques em seu site? Aumento de conversões? Instalação de um aplicativo? Participação em um evento? É aqui que você definirá qual o retorno que você quer ter com os anúncios do Facebook Ads!

1.1. Código Pixel

Se optar por uma conversão específica, que pode ser desde o clique em um banner até mesmo a venda de um produto, é preciso instalar previamente um pixel de conversão em seu site: Utilizando o Google Chrome como navegador, é preciso acessar o Power Editor (Painel de gerenciamento de campanhas e anúncios) e clicar em “criar pixel de conversão” no canto superior direito da página. Algumas das categorias de conversão que podem ser escolhidas são:

• Realização de cadastro

• Visualização de página

• Itens adicionados ao carrinho

• Efetuação do pagamento

Depois de escolhida a conversão pretendida, será gerado um código pixel que precisa ser integrado ao código fonte da página do site que deseja que ocorra a conversão. Por exemplo, se objetivo é a venda de um produto, o código deve ser colocado entre as tags <head> e </head> na HTML da página de conclusão de compra.

  1. Criando um anúncio

Após determinado o objetivo de sua campanha, é hora de criar os anúncios! Você será direcionado a uma página para escolher a forma com que eles serão mostrados aos usuários que correspondem aos interesses referentes ao seu objeto de campanha.

2.1. Imagem e Texto

Você pode escolher até 6 imagens diferentes para criação de anúncios, certifique-se de que as imagens escolhidas são realmente relevantes e atraem o olhar do público consumidor para um possível clique. Se você é uma empresa de calçados e quer anunciar botas femininas, pode valer mais a pena investir em uma foto de uma modelo com o par de botas, ou seja, imersas em um contexto, do que somente a foto do produto, por exemplo. O que deve ser levado em consideração na escolha das imagens é seu objetivo, mas uma dica simples é prestar atenção no contexto.

Você ainda tem um espaço de 25 e 90 caracteres para configurar Título e Descrição das campanhas, respectivamente. Preocupe-se em ser objetivo e levar ao possível consumidor informações claras e ao mesmo tempo envolventes e criativas.

2.2.  Posição de anúncios

Dependendo do objetivo que você quer alcançar com as campanhas no Facebook Ads, é possível configurar para que seus anúncios sejam mostrados de duas maneiras:

• Feed de notícias: O anúncio aparecerá com um banner de 600 x 225 pixels em meio às notificações recentes do usuário (timeline), contendo título e descrição. Se você quer que sua fã page receba mais curtidas, por exemplo, esta é uma saída interessante já que o anúncio levará consigo um botão para curtir logo abaixo. Prático e simples.

• Coluna direita: Nesta modalidade os usuários visualizarão anúncios menores no canto direito da tela, contendo as mesmas informações de título e descrição criadas anteriormente.

  1. Encontre seu público

Esta é uma das etapas mais importantes de toda a criação do anúncio: É quando você delimitará seu público-alvo, ou seja, para quem seu anúncio será mostrado. É utilizando esta etapa da otimização que o Facebook levará seu anúncio para quem se interessa por ele através de filtros como: Localização, idioma, sexo, idade, formação, estado civil e, sobretudo, itens de interesse abrangentes.

  1. Definição de Campanha

Se desde o início deste tutorial você está se perguntando quanto custa anunciar no Facebook, a resposta é: Quanto você quer pagar? A delimitação do orçamento de gasto diário ou vitalício na ferramenta de publicidade da rede social depende de fatores como: Quanto você está disposto a investir e quantidade de público impactado pelos anúncios.

O que se pode configurar é a maneira como a tarifação ocorre, através do custo de lance por milhares de impressões (visualizações) de anúncios (CPM), a tarifação de lances por clique (CPC), custo por milhares otimizado (oCPM), qu é o tipo de lance que leva seu anúncio por uma quantidade maior de filtros, delimitando ainda mais mais seu público-alvo através de interesses específicos, aumentando a probabilidade de realização das ações desejadas. Ou ainda o custo por aquisição (CPA), que é o tipo de lance que tem por objetivo fazer com que o usuário realize as ações através do seu anúncio, bastante indicado para quem tem por objetivo o aumento das conversões via Facebook.

Pronto! Seu anúncio já está configurado e pronto para ser revisado pelos profissionais do Facebook. Para que seu anúncio não seja reprovado, antes de clicar no botão “Rever Pedido” ao fim da página, leia as regras de propaganda. Para mais informações acesse a página do Facebook for business.

Postado por FastCom

   


Quem precisa realizar uma pesquisa na internet, geralmente passa pelo Google para chegar aos resultados desejados. E aqui no Brasil, pesquisas mostram que a ferramenta continua sendo a mais utilizada. No mês de setembro, por exemplo, 82,75% das buscas brasileiras foram feitas pelo Google Brasil — sendo que a segunda posição é ocupada pelo Google.com, com 8,79%.

O Bing Brasil ocupa apenas a terceira posição, com 4,48% do volume de buscas. O instituto Serasa Experian (responsável pela realização do estudo) afirma também que o Bing, apesar de menos utilizado, lidera o ranking em “taxa de sucesso”. Isso significa que ele é o buscador que teve mais pesquisas resultando em acesso às páginas mostradas nos resultados: foram 84,11% de buscas bem sucedidas. Nesses termos, o Google Brasil atingiu apenas a quinta colocação, tendo 75,12% de sucesso.

Outro resultado mostrado na pesquisa da Serasa Experian é relacionado ao número de palavras utilizadas nas pesquisas — somando os dados obtidos nos dez buscadores mais utilizados. 42,68% delas possuem apenas uma palavra, 21,34% possuem duas e 15,98% contam com três. Quatro ou mais palavras correspondem a 20% das pesquisas.

Fonte: http://www.tecmundo.com.br/google/45684-google-continua-sendo-o-buscador-mais-utilizado-no-brasil.htm

   


A retenção de clientes é um desafio cada vez mais complicado para as operadoras, pois hoje existem diversos serviços e aplicativos que permitem estabelecer comunicação – como o WhatsApp, um dos mais populares – sem que os usuários necessariamente utilizem os planos da assinatura. As mensagens em SMS estão quase assinando atestado de óbito, e a TIM lançou um plano justamente para esses usuários que dependem dos torpedos.

A operadora colocou à venda um pacote que agrega internet móvel e torpedos a clientes pré-pagos e aos que fazem parte do plano Controle, em que há um limite para utilização dos serviços da operadora.

O plano da TIM se chama “Infinity Web + Torpedo” e, com ele, o cliente paga apenas R$ 0,75 diariamente, valor que dá direito a usufruir da internet móvel ou enviar mensagens de texto sem limites e sem qualquer cobrança adicional. As restrições se aplicam apenas ao uso da internet móvel: há um limite máximo de 10 MB por dia de consumo de banda com velocidade de 500 Kbps. Ao atingir esse número, é oferecida a opção de reduzir a velocidade a 50 Kbps ou pagar R$ 0,50 para voltar a ter o acesso mais rápido.

A TIM oferece também outros planos com esse sistema de pagamento diário em centavos para os clientes. Clique aqui para ser redirecionado ao site oficial da operadora e conferir outras opções.

Fonte: http://www.tecmundo.com.br/tim/45682-tim-lanca-pacote-com-sms-e-internet-movel-pelo-valor-de-r-0-75-por-dia.htm

   


A Apple anunciou nesta terça-feira (14) que contratou Angela Ahrendts, até então CEO da Burberry, para assumir sua rede de lojas físicas e online. A executiva deve ser juntar à sua equipe em Cupertino durante o outono de 2014, preenchendo uma vaga que há tempos estava vazia dentro da empresa.

Em um comunicado à imprensa, Ahrendts afirma que está “profundamente honrada em se juntar à Apple nessa nova posição a partir do ano que vêm”. Ela afirma que está pronta para trabalhar no enriquecimento da experiência de uso oferecida aos consumidores seja através dos meios físicos quanto pela internet.

A executiva tem um vasto histórico em meio à indústria da moda, tendo assumido o cargo de presidente da Donna Karan International em 1989, aos 29 anos de idade. Além disso, ela se juntou ao quadro executivo da Liz Claiborne (agora Fifht & Pacific) antes de assumir o papel de CEO da Burberry em 2006 — nessa última posição, ela conseguiu fazer com que a empresa prosperasse em um período no qual ela perdia impacto no mercado.

Em um comunicado oficial, Tim Cook, CEO da Apple, afirmou estar bastante animado com a nova contratação. “Ela compartilha nossos valores e nosso foco na inovação, colocando a mesma ênfase que nós temos na experiência oferecida ao consumidor. Ela se mostrou uma líder extraordinária durante sua carreira e possui um histórico invejável”, afirmou.

Fonte: http://www.tecmundo.com.br/apple/45692-apple-contrata-ceo-da-burberry-como-sua-nova-chefe-de-varejo.htm

   


Fonte: Youtube - andressavd

   


Fonte: Youtube - MozilLara

   


Fonte: Youtube - Tutoriais RM.

   


Fonte: Youtube - MundoOffBackgrounds

   


O progresso da tecnologia dos smartphones faz com que, cada vez mais, surjam jogos de maior qualidade e mais diferenciados.

Neste domínio, o iPhone, tecnologia da Apple,  é sem dúvida um dos aparelhos melhores e mais bem-sucedidos do mercado. É também um verdadeiro prazer fazer jogos de casino como os slots, roleta o blackjack, com este dispositivo móvel tendo em conta a alta resolução das imagens e os efeitos animados que ele proporciona.  No entanto, o sistema operativo  Android que equipa a maioria dos telemóveis revela-se perfeitamente equiparável em termos de desempenho, sobretudo, se aliado ao sistema Ubuntu que lhes confere o poder de funcionarem como autênticos mini computadores pessoais, tal como o iPhone.

Duas modalidades distintas existem para se jogar em casinos online. Estas, estão naturalmente dependentes das versões disponíveis e do equipamento de que se é detentor. Numa delas basta ao jogador estabelecer apenas uma conexão com o casino selecionado, via online, registar-se e jogar.

A outra requer necessariamente um smartphone da nova geração pelo fato dos casinos online fornecerem software e aplicações que necessitam de ser previamente descarregadas, antes de poderem ser utilizadas. Isto trás alguns inconvenientes, designadamente a necessidade de maior memória para armazenamento, mas também algumas vantagens, entre as quais, a privacidade e maior segurança.

Um problema comum que se levanta à maioria dos dispositivos móveis mas igualmente em vias de vir a ser solucionado por tecnologia bem recente é o problema da autonomia. A durabilidade das baterias depende muito da qualidade do sinal e da quantidade de aplicações instaladas no smartphone entre outros fatores.

Uma vantagem para além da portabilidade, para quem aprecia os jogos de casino, são os bonus disponibilizados pelos diversos operadores de jogos da web. Estes, são de todo o tipo e a toda a hora surge algo de novo e de aliciante nesse capítulo.

Alguns casinos para móveis chegam mesmo a dar ao jogador uma quantia inicial sem qualquer necessidade de depósito.

   


Todos conhecem a ferramenta Google Imagens, com a qual se pode fazer pesquisas por imagens. Para esta tarefa, o Google conta com um crawler (robô) exclusivo para rastrear as imagens de cada página publicada na internet, seu nome é Googlebot-Image. Por isso é muito importante que seja feito um bom trabalho de otimização das imagens nas páginas de um site, pois esse trabalho pode gerar um bom resultado em termos de tráfego para o site.

O Google não usa resultados de imagens apenas da ferramenta Google Imagens, mas também nas pesquisas feitas pelo site de buscas na web (imagem abaixo). Assim como na pesquisa na web, o objetivo do Google para a ferramenta de pesquisa de imagens é oferecer a melhor experiência aos seus usuários, oferecendo os melhores e mais relevantes resultados de pesquisa. Com isso em mente é possível conseguir um bom posicionamento nos resultados dessa ferramenta.

otimizazao-google-images

Vamos ver algumas dicas que podem contribuir com o bom posicionamento das imagens de suas páginas nas pesquisas do Google:

1. Nome dos arquivos de imagens influencia muito em SEO

Os nomes dos arquivos de imagem devem sempre ser detalhados e informativos, de forma que deixe claro para o buscador sobre qual assunto está contido na imagem. Uma boa descrição do nome do arquivo para uma imagem que ficará numa página sobre venda de um produto seria nome-do-produto-a-venda.jpg, que é muito mais informativo do que IMG00123.jpg.

2. Uso da Tag Alt é fundamental

Utilize sempre o atributo da tag alt de forma tão descritiva quando o nome do arquivo. Para o Google a tag alt é usada para descrever os conteúdos de um arquivo de imagem, fornecendo informações muito importantes sobre o que está contido na imagem.

Veja os exemplos de conteúdo adequado para a tag alt de uma imagem indicado pelo Google:

filhotes-dalmata

  • Uso comum: <img src=“filhotes.jpg” alt=”” />
  • Melhor: <img src=”filhotes.jpg” alt=”filhotes” />
  • Muito melhor:<img src=”filhotes-dalmata.jpg” alt=”Filhote de dálmata brincando de pegar” />

E a Tag “title”?

Fazem confusão com o uso da tag Title,. Hoje o Google não gera relevância para essa tag, mas ela tem uma papel fundamental no que se refere a usabilidade do seu site. Por esse motivo você deve dar tanto valor a esta tag quanto a tag alt.

3. Teste sua página na versão texto

Não abuse de palavras-chave dentro do atributo, isso pode fazer com que o seu site seja considerado como spam. O Google recomenda que você teste o seu conteúdo usando um navegador somente de texto, como o Lynx.

4. Relacione sua imagem com conteúdo correto

Fornece um bom contexto para a sua imagem dentro da página na qual esta está inserida possibilita aos buscadores mais informações sobre a imagem, inclua legendas ou títulos e sempre que possível, faça com que as imagens estejam próximas ao texto relevantes a elas.

Veja a forma indicada pelo Google para texto relevante a imagem inserida na página:

seo-imagens

Outro ponto muito importante sobre as imagens é o dimensionamento e tamanho em bytes de uma imagem. Em alguns sites as grandes vilãs da lentidão de uma página são as imagens. Esse assunto será abordado já no próximo tópico sobre o tempo de carregamento das páginas e dentro dele será dada a devida atenção à importância das imagens.

5. Reduzindo o tamanho de imagens

No resultado obtido com a ferramenta Gtmetrix, você terá uma opção de visualizar o tempo de carregamento por arquivo, essa informação é obtida na aba Timeline do Gtmetrix. Você conseguirá visualizar o tamanho e tempo de carregamento para cada arquivo. E como estamos falando de imagens é importante utilizar imagens que sejam do tamanho realmente necessário para o bom entendimento de seus clientes, para que o resultado final da página não seja muito pesada e lenta.

Utilizar ferramentas de compressão de imagens como jpegtran, Jpegoptim, Smush.it do Yahoo! e OptiPNG é o caminho certo para se obter uma boa redução do peso das imagens.

O Google Page Speed também dará boas dicas de como otimizar a página em termos de imagens. Uma das dicas é sempre exibir imagens dimensionadas, isto é editar as imagens para que elas fiquem no tamanho correto no qual você deseja inserir no site, e não usando os atributos de redimensionamento pelo código. O Google também indica que especificar a dimensões (largura e altura) de todas as imagens do site permite uma renderização mais rápida da página.

6. Use CSS Sprites quando possível

Existe também a opção de combinar imagens com CSS Sprites, que também será avaliada pela ferramenta do Google. Aplicar esta técnica é muito aconselhável para websites com muitas imagens em suas páginas.

Utilizar o CSS Sprites é relativamente simples. Para tal, basta unificar todas as imagens da página em uma única nova imagem, como por exemplo, unificar todos os botões de um menu em uma única imagem. Usando o exemplo abaixo fica claro identificar como o CSS Sprites pode ser útil:

uso-css-sprites

Se fôssemos carregar cada imagem desse menu separadamente teríamos seis requisições e 18kb no total. Após a unificação em uma só imagem o tamanho cai para 14kb. Agora imagine isso para mais 10 imagens usadas em uma única página.

O código HTML que vai precisar usar para o exemplo é realmente muito simples, utiliza-se um menu em lista onde será colocada a imagem unificada como background e definir a largura e altura fixa para cada item de menu, com isso aparecerá somente o Sprite correspondente à imagem que será visível:

usando-css-sprites

Criar a propriedade CSS responsável pela mudança dos sprites usando background-position. Com isso será definida em que posição o background será exibido.

1
2
3
4
5
6
7
8
9
#menu li a { background: url(images/sprites.jpg) no-repeat;
 display: block; width: 120px; height: 60px; }
 /* define para cada item a posição em que o sprite está na imagem /*
 #menu li .home { background-position: 0px 0px; }
 #menu li .home:hover { background-position: 0px -60px; }
 #menu li .textos { background-position: 120px 0px; }
 #menu li .textos:hover { background-position: 120px -60px; }
 #menu li .contato { background-position: 240px 0px; }
 #menu li .contato:hover { background-position: 240px -60px; }

7. Seja autêntico – não copie imagens de outros sites

Como eu disse lá no começo, o Google dá muito importância para a relevância da imagem para os usuários, então ele não vai aceitar que você utilize-se de imagens de outros sites, dando assim conteúdo duplicado ao seu visitante.

Por isso, seja autêntico! Ao invés de copiar a imagens de outro site, apenas se inspire nela e crie a sua própria.

Conclusão

Para ter uma melhor ideia do quanto essas dicas são relevantes, procure em seu Google Analytics as informações de quantos são os visitantes que chegam ao seu site através do Google Images, procure em Fontes de Tráfego, você pode se surpreender com o número de visitantes que chegam ao seu site dessa forma.

No Portal Seu Negócio na Internet você vai encontrar dicas bônus para otimização de imagens, como uma dica para criar relatórios personalizados do Google Analytics para acompanhar o tráfego que as imagens geram para suas páginas, além de dicas para quem administra sites WordPress e quer usar plugins para essa tarefa.

Espero que gostem e aproveitem as dicas. Deixem suas dúvidas e comentários.

Fonte: http://imasters.com.br/analytics/7-dicas-para-otimizar-as-imagens-do-seu-site-e-ganhar-mais-trafego/

   

You should try visit live roulette 123 site now to gain a lot of bonuses. On line casinos gaming black jack games with gamble online poker. Casinos on the internet gambling table games with click best gambling craps. Try microgaming casinos immediately to win a decent amount of money. online gambling secure poker play which often online casino. movie table games this craps casino best craps wizard of odds

play casino online money Top http://www.canadafriendlycasino.com review online casino canadian casino winnings tax. Jeu pour le blackjack Meilleur Casino en Ligne Français avis.