Home Tutoriais Gerência de TI Business Intelligence como diferencial competitivo


Pessoa Jurídica define corretamente as organizações empresariais, pois, assim como as pessoas físicas, cada uma tem seus valores e sua cultura. Diante do exposto, muito poucas vezes um sistema, modelo, prática ou metodologia de gestão, seja ela com foco maior em estratégia ou operacional, será capaz de enquadrar-se exatamente nas características e necessidades específicas de sua organização.

No contexto anterior é que desejo escrever sobre BI (Business Intelligence), pois, assim acredito que funcione o mundo dos negócios, onde a tecnologia deve ser cada vez mais maleável as necessidades do usuário final e servindo sempre de inteligência para tomada de decisões, muito particulares a cada situação e indivíduo seja ela Pessoa Física ou Jurídica.

O termo Business intelligence (BI), surgiu na década de 80 no Gartner Group faz referência ao processo inteligente de coleta, organização, análise, compartilhamento e monitoração de dados contidos em Data Warehouse / Data Mart, gerando informações para o suporte a tomada de decisões no ambiente de Negócios.

Em um ambiente de negócios, onde a concorrência é acirrada, um pequeno diferencial dita quem é líder no mercado e quem não é, o BI pode possibilitar a subida no último degrau antes do patamar lindo e cheiroso do SUCESSO. Ter informações para se antecipar ao seu concorrente ou entender o que seu cliente vai desejar, (o que ele deseja, você ou seu concorrente, já sabem…) podem fazer de você o líder de mercado ou não. Inovar é saber o que o cliente vai querer daqui a cinco minutos, isso é diferencial de sucesso.

Quando sua empresa pensar em implementar um programa de BI, deve buscar questões e as decisões decorrentes das mesmas, tais como:

  • Questões de balanceamento de metas – Quais são as metas? Quais são de curto, médio e logo prazos?
  • Questões de Base – quais são as competências que minha empresa possui para atingir as metas definidas e quais é preciso criar, reforçar ou buscar no mercado?
  • Investimentos e Riscos – Quanto vai custar implantar o BI e quanto de retorno estimo ter?
  • Stakeholders (interessados) – Determinar quem são os beneficiados direta e indiretamente, com a iniciativa de implantação, quem paga e de que forma é pago.

Obs: Seu funcionário não pagará diretamente pela implantação, mas pode pagar de outras maneiras. Seja inovador e pense aberto ao implantar um programa de melhorias. As empresas que mais crescem no mundo são inovadoras.

  • Métricas relacionadas – Estes requerimentos de informações devem ser operacionalizadas com objetividade e definidos por parâmetros métricos.
  • Mensuração Metodológica – Os métodos utilizados para medir os requerimentos métricos, devem ser claros a todos os fatores e pessoas medidos.
  • Avaliação dos Resultados – Os resultados devem ser analisados em todas as etapas, pois, mudanças e reavaliações durante o processo podem ser necessárias e benéficas.

A implantação de BI torna-se um diferencial competitivo, quando sua empresa consegue criar modelos de Data Mining (mineração de dados, técnica que permite encontrar tendências ou padrões de comportamento através dos dados da organização de forma inteligente. Parte de um processo maior de conhecimento denominado Knowledge Discovery in Database (KDD), consiste fundamentalmente em exploração, modelagem e validação do modelo), e de posse destes modelos facilitar a busca de informações relevantes para a tomada de decisões que não seriam descobertas antes sem a utilização destes modelos.

Informações, a princípio desconectas podem mostrar, no comportamento do cliente, fornecedor ou colaborador, um padrão que gera um resultado, nunca antes imaginado por determinada ótica. Essa informação pode levar a criação de um novo produto ou adequação deste, de forma a fazer a diferença entre sua empresa e a empresa concorrente.

Pode parecer meio difícil, mas já fazemos isso de forma inconsciente em tudo na vida, quantas vezes um pensamento de algo ou alguma coisa, nos leva a uma lembrança de outra coisa ou algo, sem qualquer relação com a primeira lembrança? Isso acontece também de o porque gostamos de um produto. Um determinado refrigerante pode ser seu favorito, pois, te lembra do seu saudoso Pai. Mas como o fabricante pode saber isso?

Acontece esse fenômeno anterior com dados. Um dado a princípio sem qualquer relação com outro, mas ambos armazenados em sua empresa, podem somados criar uma relação interessante e revelar um padrão. Por isso a importância do BI. Em duas pesquisas respondidas por você em ocasiões diferentes, podem levar a um perfil diferente do perfil apresentado por ambas as pesquisas separadas.

Os cruzamentos de informações podem gerar dados que farão muita diferença. Pesquisas com concorrentes, clientes, fornecedores, podem lhe trazer juntas uma nova visão do mercado e te trazer a luz, a questões nunca antes imaginadas.

O crescimento do mercado de BI é claramente visível como pode mostrar a notícia apresentada sobre a empresa QlikTech, líder mundial em soluções de análise e relatórios, que teve Receita do ano de 2006, 80% maior do que a Receita do ano de 2005. A companhia adicionou nada mais nada menos que 3.197 clientes novos em 2006 – uma taxa de 12.3 clientes a cada dia de trabalho. Também em 2006, a QlikTech manteve seu status como a companhia de BI com o mais rápido crescimento do mundo.

Cresce e como cresce o mercado de BI. Moda passageira? Não, mas sim uma constatação de que o Mercado de BI, atraí cada vez mais as médias e grandes empresas que aderem e percebem os benefícios de ter uma solução de BI.

Ajustes de infra-estrutura e na integração dos sistemas podem ser necessários e o retorno do investimento tem sido demonstrado por várias empresas que adotaram o BI. Veja um exemplo de sucesso:

A seguradora americana Assurant recorreu a um sistema de BI para análise de risco e com isso reduziu seus preços em até 60% para se adequar ao mercado.

Alguns benefícios podem ser alcançados, dentre eles, apresento alguns abaixo:

  • Redução de custos com softwares;
  • Redução de custos com administração e suporte;
  • Redução de custos na avaliação de projetos;
  • Redução de custos com treinamentos aos colaboradores;
  • ROI (Retorno sobre investimento) mais rápido para projetos implantados com BI;
  • Maior controle e menos dados incorretos;
  • Maior segurança da Informação;
  • Alinhamento de informações estratégicas e operacionais;
  • Facilidade de controle de acesso e definição de níveis de gerencia;
  • Melhor alinhamento dos usuários corporativos;
  • Rapidez na informação para tomada de decisões estratégicas;
  • Informação consistente em vários locais dispersos;
  • Vantagem competitiva.

Informação é conhecimento e conhecimento é poder. Ser o primeiro é uma vantagem competitiva. Saber quais os objetivos a curto, médio e longo prazo de sua empresa é uma necessidade. Todos devem saber para aonde sua empresa quer chegar e como chegar, como seu funcionário vai vender seu negócio se ele não sabe o que vender?

Fonte: http://www.dicas-l.com.br/gerencia_ti/gerencia_ti_20071111.php#axzz2CZpnwqoV

   

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.