Home Tutoriais Banco de Dados Chaves primárias com SQL com Oracle


Rollback:

Permite ir até o último COMMIT feito ou em seu padrão até o começo das ordens com o que estas não se executam.

Commit:

Quando executamos ordens, estas não são criadas na tabela até que coloquemos esta ordem, portanto as mudanças realizadas se perderão se ao sair do programa não realizarmos esta ação. Pode se programar para que seja feito automaticamente.

Algumas ordens que levam COMMIT implícito:

  • QUIT
  • EXIT
  • CONNECT
  • DISCONNECT
  • CREATE TABLE
  • CREATE VIEW
  • GRANT
  • REVOQUE
  • DROP TABLE
  • DROP VIEW
  • ALTER
  • AUDIT
  • NO AUDIT

Criação de uma tabela:

Seu primeiro caractere deve ser alfabético e o resto pode ser letras, números e o caractere sublinhado.

CREATE TABLE NOMETABELA
(COLUNA1 TIPO_DADO {NOT NULL},
COLUNA2 TIPO_DADO {NOT NULL},

) TABLESPACE ESPACO_DE_TABELA;

Características:

  • As definições individuais de colunas se separam mediante vírgulas.
  • Não se coloca vírgula depois da última definição de coluna.
  • As maiúsculas e minúsculas são indiferentes.

Os usuários podem consultar as tabelas criadas por meio da vista USER_TABLES.

Integridade de dados:

A integridade faz referência ao fato de que os dados do banco de dados têm que se ajustar às restrições antes de se armazenar nele. Uma restrição de integridade será:
Uma regra que restringe classe de valores para uma ou mais colunas na tabela.

Restrições em create table:

Usamos a cláusula CONSTRAINT, que pode restringir uma só coluna ou um grupo de colunas de uma mesma tabela.
Existem dois modos de especificar restrições:

  • Como parte da definição de colunas.
  • Afinal, uma vez especificadas todas as colunas.

Formato:

CREATE TABLE NOME_TABELA
(COLUNA1 TIPO_DE_DADO
{CONSTRAINT NOME_RESTRICAO}
{NOT NULL}
{UNIQUE}
{PRIMARY KEY}
{DEFAULT VALOR}
{REFERENCES NOMETABELA [(COLUNA, [,COLUNA])
{ON DELETE CASCADE}}
{CHECK CONDICAO},
COLUNA2…
)
{TABLESPACE ESPACO_DE_TABELA} ;
CREATE TABLE NOME_TABELA
(COLUNA1 TIPO_DADO ,
COLUNA2 TIPO_DADO,
COLUNA3 TIPO_DADO,

{CONSTRAINT NOMERESTRICAO}
[{UNIQUE} | {PRIMARY KEY} (COLUNA [, COLUNA])],
{CONSTRAINT NOMERESTRICAO}
{FOREIGN KEY (COLUNA [, COLUNA])
REFERENCES NOMETABELA {(COLUNA [,
COLUNA])
{ON DELETE CASCADE}},
{CONSTRINT NOMERESTRICAO}
{CHECK (CONDICAO)}

)[TABLESPACE ESPACO_DE_TABELA];

Fonte: http://www.criarweb.com/artigos/798.php

   

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.