Home Tutoriais Desenvolvimento Configuração de PHP como módulo de Apache em Windows


Neste artigo vamos explicar como instalar PHP como módulo de Apache 2.0 num sistema Windows. Para as provas utilizamos Windows XP, mas seguramente com outros sistemas o processo será muito similar, ainda que, em todo caso, indicaremos as diferenças documentadas no sitio de PHP.

Anteriormente explicámos a instalação de PHP como um CGI, ainda que na página de PHP desaconselha-se esta opção, pois sofre graves problemas de segurança. Ademais, PHP instalado como módulo de Apache torna-se muito mais rápido do que como CGI.

Referência:  Vamos supor que o servidor de páginas web Apache 2.0 está instalado no nosso sistema. Não obstante, para os que não o tenham, aconselhamo-los o nosso manual de instalação e configuração de Apache. Também pomos à vossa disposição um link a uma guia em vídeo muito interessante e super simples para poder instalar PHP no nosso computador. A guia é gratuita e serve para instalar PHP, Apache e MySQL.

Descer e descomprimir PHP 

O primeiro passo consiste em descer a última versão de PHP. Poderemos fazê-lo desde a página oficial de PHP, na secção de downloads http://www.php.net/downloads.php Devemos escolher a versão “Zip Package” que contem todas as funcionalidades de PHP e do módulo necessário para instala-lo no Apache. Uma vez obtido o pacote comprimido em .zip de PHP necessitamos descomprimi-lo no nosso disco rígido. Podemos utilizar o directório raíz do disco para descomprimir os ficheiros. Neste caso, cria-se uma pasta com um nome semelhante a “php-4-3-1-Win32” que estará no directório raiz. Recomenda-se mudar o nome da pasta criada para algo simples como “C:php”. Em todo caso, avisam-nos na página de PHP para não colocar nenhum nome de pasta que tenha espaços, pois poderia dar problemas com alguns servidores. Por exemplo, cuidado com instalar PHP em algum directório como este “C:Program Filesphp”, pois o path contém espaços.

Copia das DLL

Em seguida informam-nos sobre a necessidade de copiar no nosso diretório de sistema uma série de livrarias (.dll) que encontraremos no directório sapi da nossa instalação de PHP, supostamente algo como “C:PHPSapi”.

O mencionado directório do sistema pode variar de umas versões a outras de Windows. Em Windows XP, o directório de sistema onde temos de copiar as dll é:”C:WINDOWSsystem32″. Em Windows 9x/ME, o directório seria “C:WindowsSystem” sendo em Windows NT/2000 o directório “C:WINNTSystem32” ou “C:WINNT40System32”.

Nota: Não se devem misturar as DLL de diversas versões de PHP, porque do contrario, poderia causar-nos problemas.

Deferir um ficheiro php.ini 

Outro ficheiro que devemos copiar, desta vez no nosso diretório Windows, é o php.ini, que guarda as opções de configuração definidas para PHP. Nas distribuições de PHP inclui-se dois ficheiros php.ini que podemos utilizar directamente no nosso sistema. Estes ficheiros chamam-se “php.ini-dist” e “php.ini-recommended” e contem umas opções típicas de configuração em PHP. Recomenda-se utilizar “php.ini-recommended”, porque vem optimizado para obter os melhores níveis de segurança. Em qualquer caso, podemos editar em qualquer momento o conteúdo do ficheiro para modificar a configuração de PHP ao nosso gosto ou necessidades.

Para definir o php.ini devemos fazer uma copia do ficheiro ed configuração escolhido (“php.ini-dist” ou “php.ini-recommended”) e renomeá-lo como o “php.ini”. Posteriormente devemos copiá-lo na nossa pasta de Windows que em sistemas 9x/ME/Xp é “C:windows” e em sistemas NT/2000 “C:WINNT” ou “C:WINNT40”.

Editar httpd.conf 

Posteriormente devemos editar o nosso ficheiro de configuração de Apache, chamado “httpd.conf” que está no directório “conf” da nossa instalação de Apache. Também podemos encontrar um acesso directo para editar esse ficheiro acedendo a Inicio – Programas – Apache HTTP Server – Configure Apache HTTP Server – Edit httpd.conf configuration file.

Devemos acrescentar um par de linhas de configuração do modulo Apache.

LoadModule php4_module C:phpsapiphp4apache2.dll
AddType application/x-httpd-php .php

O lugar adequado para acrescentar essa linhas é no bloco de carga de módulos, que podemos encontrar se procuramos pelo texto “LoadModule”. Podemos acrescentar as linhas de carga do modulo PHP depois da carga dos outros módulos que vem já configurados no ficheiro http.conf de Apache.

Se instalarmos o PHP no directório C:PHP, devemos editar as linhas e colocar no http.conf o path correto ao diretório onde esta a livraria php4apache2.dll.

Um último passo 

Antes de terminar e comprovar se o PHP se instalou correctamente, necessitamos copiar uma dll no diretório sapi. Concretamente, a dll “php4ts.dll”, que podemos encontrar no nosso diretório de instalação de PHP, a qual devemos copiar ao directório sapi, algo assim como “C:PHPsapi”

Nota: Esta acção não vem documentada no manual de PHP, ainda que se não a fizermos não funcionará.

O erro que obtemos ao arrancar o Apache será algo como:

Syntax error on line 173 of C:/Program Files /Apache Group/Apache2/conf/httpd.conf: Cannot load C:/php/sapi/php4apache2.dll into server: Não se pode encontrar o módulo especificado.

Outra configuração que podemos aplicar no ficheiro httpd.conf é definir também como documento padrão o ficheiro index.php no nosso servidor Apache. O documento padrão é geralmente index.html, mas o habitual se formos programar com PHP é que também necessitemos de definir o index.php como documento a mostrar se não se indica outro documento do directório a que se está a aceder.

O documento pré-definido define-se com a variável DirectoryIndex. Obteremos uma definição como esta:

DirectoryIndex index.html index.html.var index.php

Comprovar se PHP está a funcionar correctamente

Para terminar, podemos criar uma página de prova de PHP, que colocaremos no nosso directório de publicação do Apache, geralmente chamado htdocs, que está dentro do directório onde se instalou Apache, algo assim como “C:Program FilesApache GroupApache2htdocs”.

Podemos criar um ficheiro chamado, por exemplo, “prova.php”, no qual colocaremos dentro o seguinte código:
<? phpinfo() ?>

Esta função simplesmente criará uma página que mostra as configurações definidas para PHP nesse servidor.

Para aceder ao ficheiro criado desde o nosso explorador, escreveremos na barra de endereços esta URL:

http://localhost/prova.php

Deveria aparecer um resultado como o da seguinte imagem.

Se por qualquer motivo encontramos problemas ao instalar PHP e os programas relacionados com o nosso sistema, sempre podemos usar uma via mais rápida que consiste em instalar um pacote que inclui tudo o necessário para começar. Poderemos encontrar todos os detalhes numa guia gratuita com vídeos muito instrutivos e recomendáveis que nos ensinam a instalar php, Apache, MySQL e outras aplicações.

Fonte: http://www.criarweb.com/artigos/75.php

   

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.