Home Tutoriais Desenvolvimento Instalação de PHP no nosso servidor


Como todas as linguagem do lado do servidor, PHP requer uma instalação de um servidor no nosso PC para poder trabalhar em local. Este modo de trabalho torna-se mais prático do que colocar os ficheiros por FTP no servidor e executá-los a partir da Internet.

Desta maneira, antes de começar a criar os nossos programas em PHP é necessário:

    • Transformar o nosso computador num servidor. Isto faz-se instalando um dos vários servidores disponíveis para o sistema operativo da nossa máquina.
  • Introduzir no nosso servidor os ficheiros que lhe permitem a compreesão do PHP. Estes ficheiros podem ser obtidos, na sua versão mais atual, na página oficial de PHP.

Para ficar a conhecer a forma de instalar PHP sobre cada servidor de cada sistema operativo podemos ir ao apartado de documentação da página oficial de PHP onde podemos consultar um manual em HTML de rápida consulta e um enorme manual em PDF de quase 1000 páginas que explica de minuciosamente entre outras coisas, os passos a seguir para cada caso particular. De qualquer forma, nós vamos oferecer algumas ajudas para configurar PHP nos sistemas mais comuns. A eleição do nosso programa servidor terá muito que ver com o sistema operativo que tenhas a funcionar no teu computador. Estas seriam algumas possibilidades de sistemas operativos e soluções que funcionam bem.

Windows 95/98

Se estás a trabalhar em Windows 95 ou Windows 98 e para principiantes, é recomendável utilizar o servidor Personal Web Ser. Neste caso necessitaríamos:

    • Personal Web Server de Microsoft como servidor, que também serve para a aprendizagem em ASP.

 

  • Uma instalação da versão mais recente de PHP que, para além de demorar menos a fazer o download, nos guiará passo a passo em todo o processo de instalação. Esta versão não inclui todas as funcionalidades de PHP, mas servirá para aprender até um bom nível.

Há que destacar que, para o caso de PHP em PWS, à margem de tudo o que foi dito no capitulo de instalação, é importante ao criar o directório virtual permitir a execução de scripts validando a caixa correspondente.

Em Windows 95/98 também podemos utilizar o servidor Apache e pode que seja uma opção ainda mais completa que a de utilizar PWS. Passamos a explicar mais sobre o assunto.

Windows ME e XP Home edition 

Não experimentamos PHP nestas plataformas, mas em principio não têm compatibilidade com Personal Web Server, pelo qual deveríamos escolher o outro servidor.

Outra possibilidade para os usuários de Windows em geral é instalar Apache como servidor web que pode ser vantajoso em relação ao uso do PWS, pois PHP está principalmente desenhado para funcionar neste servidor. Isto quer dizer que, ainda que em principio tudo devesse funcionar correctamente nos dois servidores, é possível que algum bug não corrigido faça falhar algum dos nossos scripts se trabalhamos com algum servidor cujas actualizações são menos frequentes e detalhadas.

Apache foi especialmente pensado para plataformas Unix-Linux, ainda que recentemente, com Apache 2.0 tenha sido feita uma versão específica para Windows.

Windows NT, Windows 2000 e XP nas suas versões Professional e Server 

Para estes sistemas temos duas possibilidades muito interessantes pois podemos instalar PHP sobre Internet Information Server ou sobre Apache com todas as garantias. Se tivéssemos que recomendar alguma das duas opções, escolheríamos Apache pois como tínhamos dito, PHP está pensado para trabalhar sobre Apache. Podia ser interessante IIS no caso que desejemos usar ASP e PHP sobre o mesmo servidor pois em principio Apache não é compatível com ASP.

Unix – Linux

Temos de dizer que é neste sistema, e acompanhado de Apache, onde se obtêm as melhores prestações desta linguagem sendo a combinação mais comum na maioria dos servidores web que trabalham com PHP.

Conclusão 

De qualquer modo, para fins de desenvolvimento local, em princípio podemos trabalhar em qualquer sistema. Somente em casos de programação realmente avançada poderemos enfrentar-nos com problemas relacionados com o sistema operativo utilizado ou o servidor no qual correm as nossas páginas. Temos de ver que em alguns casos pontuais, nos quais o nosso PC possa não ser muito potente, podemos fazer diretamente os nossos testes com o servidor donde temos o nosso site o qual será, muito provavelmente, um Unix ou Linux funcionando com Apache.

Fonte: http://www.criarweb.com/artigos/73.php

   

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.