Home Tutoriais Desenvolvimento Instalação de PHP5 com WAMP5


Existe uma maneira de começar a utilizar PHP5 em Windows sem ter que sofrer as complicações típicas da instalação dos servidores necessários para programar em PHP. Trata-se de instalar um pacote chamado WAMP, que permite instalar e configurar em um só processo o servidor Apache, a base de dados MySQL e o módulo de programação em PHP versão 5.

WAMP é um sistema indicado para os usuários que não têm instalado no sistema nenhum dos programas necessários para programar em PHP (Apache, PHP e MySQL), já que realiza uma instalação completa e desde zero. Mas também podem utilizar este programa os usuários que dispõem de Apache, PHP e/ou MySQL em seu sistema. Em cujo caso, simplesmente se realizará outra cópia das aplicações em um diretório distinto, que à princípio, não tem porque interferir com as outras instalações alojadas em nosso computador.

Programas que contem WAMP5

O software que se instala com WAMP5 contem os seguintes servidores e programas:

  • Apache 1.3.31. O servidor de páginas web mais difundido do mercado. Embora a última versão deste servidor seja Apache 2, instala-se uma versão anterior que é mais estável. Existe um Add-on que permite substituir a versão 1.3.31 de Apache pela última versão.
  • PHP5. O motor renovado da linguagem.
  • MySQL. A base de dados mais difundida para utilizar com PHP.
  • PHPmyadmin. Um software que permite administrar uma base de dados através de uma interface web.
  • SQLitemanager. Um sistema para administrar uma base de dados a partir de sentenças SQL.

Instalação de WAMP

A instalação se realiza através de um executável Windows onde podem se introduzir poucas configurações, apenas o diretório onde desejarmos que se instalem os programas. Depois do processo de instalação foram criados dois serviços com o servidor web e o de base de dados:

  • Serviço wampapache: Relacionado com o servidor Apache.
  • Serviço wampmysql: Relacionado com a base de dados MySQL.

Ademais, dentro do diretório onde tivermos instalado WAMP5 terá sido criado uma pasta chamada “www”, que corresponde com o diretório de publicação, ou seja, o lugar onde devem ser colocadas as páginas web.

Durante a instalação também devemos decidir se desejamos que WAMP5 se inicie automaticamente ao ligar o computador ou se desejamos que seu funcionamento se realize manualmente.

Funcionamento dos servidores

Quando instalamos WAMP5 se cria um grupo de programas chamado WampServer, onde poderemos encontrar uma opção que põe “Start Wampserver”, que será necessário executar se não tivermos selecionado que o servidor se inicie automaticamente.

Uma vez o WampServer em funcionamento obteremos um ícone na barra de tarefas com a forma parecida a de um marcador de velocidade. Se clicarmos sobre esse ícone, abrirá um menu com opções variadas para providenciar os serviços relacionados com o pacote. A imagem abaixo mostra esse menu.

Podemos provar se os serviços estão funcionando perfeitamente acessando à página de início do servidor, escrevendo na barra de endereços de nosso navegador algo como http://localhost/.

Então deverá aparecer uma página com vários links às distintas ferramentas instaladas com WAMP5, além de algumas páginas de proba de PHP.

Add-ons

Existem vários acréscimos que podem ser instalados com WAMP, para ampliar as possibilidades do pacote. Por exemplo, podemos instalar um add-on para permitir que WAMP trabalhe com PHP5 ou com PHP4, criando una nova opção no menu de WAMP5 que permite mudar de uma versão a outra de PHP.

Existem outros acréscimos disponíveis:

  • Instalar ActiveState Perl em nosso sistema, para permitir a execução de CGI.
  • Atualizar a versão de Apache 2.
  • Instalar Zend Optimizer, para melhorar o comportamento em tempo de execução de PHP.
  • Por último, o add-on que instala Webalizer, um sistema para obter estatísticas de uso do servidor web.

Fonte: http://www.criarweb.com/artigos/327.php

   

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.