Home Tutoriais Sistemas Operacionais Instalando o Hyper-V Server 2008 R2


Uma das novidades desta nova versão do Windows Server 2008 R2 é a capacidade de ter uma instalação somente Hyper-V, antigamente tínhamos a opção de instalar o Windows Server 2008 Core e depois adicionar o Hyper-V a mesma. Agora ficou ainda mais simples, o servidor é instalado e já está pronto para ser um servidor Hyper-V com apenas algumas configurações extras. Mais um atrativo em relação aos concorrentes é que esta mídia do Hyper-V Server 2008 R2 é gratuíta e pode ser encontrada no seguinte endereço: http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?FamilyID=48359dd2-1c3d-4506-ae0a-232d0314ccf6&displaylang=en.

Se você está pensando em começar a utilizar Hyper-V, aqui vão algumas dicas:

  • Usando esta versão mostrada acima você pode ter Live Migration que é o recurso onde você migra máquina entre hosts e o process é transparente para o usuário
  • Suporte até 8 processadores
  • Mais de 1TB de memória suportado
  • Todas as caracteríticas acima são encontradas nesta versão, ou seja, free! :)
  • É recomendado no mínimo 2 adaptores de rede, dependendo da implementação, sistemas a serem suportados e do design um número maior pode ser requerido
  • Esta versão não possui interface gráfica, somente um script chamado sconfig que ajuda a configurar o básico da máquina para ser administrada remotamente
  • Evite SPOF (Single Point Of Failure, ponto único de falha) configure o disco do servidor para RAID 1 onde o Hyper-V será instalado

Solução

A instalação do produto extremamente simples, este tutorial é o primeiro de uma série explicando desde a instalação até a implementação de cluster e live migration. Bom depois de baixar o produto do site da Microsoft você deverá fazer um DVD de instalação e colocar no servidor, lembrando que o mesmo deve ter suporte a virtualização.

Na tela inicial do do assistente uma pergunta sobre o idioma será feito, escolha o idioma padrão da sua empresa e clique em Next. Na próxima tela você pode definir a linguagem a ser instalado, configuração regionais e tipo de teclado, feito as escolhas, apenas clique em Next.

A única opção possível é Install Now, o por ser a única opção possível não deixa muita dúvida. Vamos clicar no mesmo.

Contrato de licença, vamos clicar em I Acept the license terms e vamos clicar em Next.

Tipo de instalação a ser feita, como estamos fazendo este servidor do zero, vamos clicar em Custom (advanced).

Configuração do disco, aqui temos algumas opções. Se algum dos discos do servidor não estiverem sendo listados, podemos estar carregando o driver do mesmo através da opção Load Driver, e se todos estiverem okay com os drivers então eles serão listados (no nosso exemplo podemos ver que temos um disco de 20GB nao particionado).

Se clicarmos em Drive Options (advanced) teremos algumas opções a fazer com o disco, tais como deletar partições, formatar, criar novas e/ou extender. Isto se torna interessante se o disco já tem algum dado, podemos estar gerenciando tudo isso através da instalação do produto. Como nosso disco está zerado, vamos clicar selecionar o mesmo e clicar em Next.  Com isto todo o disco será utilizado para a partição onde o Hyper-V será instalado.

O processo de instalação não irá mais fazer perguntas, é só dar tempo ao tempo.

A máquina será restartada automaticamente e a primeira tela será a definição da senha para o usuário Administrador local. Vamos clicar em OK.

Precisamos definir e repetir a senha do administrador local do servidor Hyper-V, feito isto aperte enter ou o botão azul ao lado do segundo campo da senha.

Se a senha e confirmação da mesma estão corretas a seguinte mensagem será mostrada.

Após feita a instalação, esta nova versão mostra um menu bem simples feito em bat para trocar algumas características iniciais da máquina. A ideia deste script é configurar todos os pré-requisitos mínimos e depois disto só administrar o servidor remotamente através das ferramentas administrativas. No script podemos alterar entre outras coisas:

  • Nome da máquina
  • Domínio
  • Adicionar administradores locais
  • Gerenciar acesso remoto
  • Gerenciar Windows Update
  • Gerenciar RDP (Habilitar ou desabilitar)
  • Configurações de rede
  • Data e Hora
  • Habilitar a funcionalidade de Failover Clustering (usada pelo Live Migration)
  • Log off to usuário
  • Restart e Shutdown do servidor

Fonte: http://www.andersonpatricio.org/Tutoriais/Tutoriais.asp?Tut=782

   

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.