Home Tutoriais Redes O comando show e o processo de configuração das Interfaces do Roteador...


Comando show

A função do comando “show” é mostrar uma configuração ou um status específico. Utilizamos muito este comando para resolver problemas em nossos dispositivos ou até mesmo verificar se uma configuração foi executada com sucesso. Já vimos anteriormente os modos EXEC de um roteador Cisco, por isso devo agora dizer que o comando “show” será utilizado sempre nos modos EXEC usuário e privilegiado, pois somente estes dois modos suportam o comando “show”.

Primeiramente vamos aprender a visualizar as configurações de um roteador, para isso devemos entender um pouco sobre o funcionamento de alguns componentes do roteador Cisco. O roteador possui suas memórias para armazenamento das informações, tais como, arquivos de configuração, IOS, tabelas de roteamento, etc. Cada tipo de informação é armazenada num local específico, para saber exatamente que tipo de informação e onde está guardada devemos conhecer o seguinte:

Memória Flash: Local onde é armazenado o Cisco IOS

NVRAM: Memória de Acesso Aleatório não Volátil, armazena a configuração a ser inicializada pelo roteador. Esse dispositivo mantém seu conteúdo quando o equipamento é desligado.

RAM: Memória Volátil que mantém as configurações atualmente em uso pelo roteador, mantém também as tabelas de roteamento. O conteúdo é apagado quando o equipamento é desligado.

Verificando o texto acima podemos perceber que, quando adquirimos um roteador novo este vem sem nenhum tipo de configuração, logo toda a configuração que for adicionada a este equipamento será armazenada na RAM. Portanto esta configuração é a que será utilizada pelo roteador, acontece que se este equipamento for desligado todas implementações feitas serão perdidas. Veremos mais à frente neste tutorial como salvar uma configuração.

Vamos então ao que interessa, começaremos pela visualização da configuração ativa, ou seja, o conteúdo da RAM. Para isso faça o seguinte:

1. Acesse o roteador e entre no modo EXEC privilegiado.

2. Digite o comando show running-config + Enter

OBS.: Não esqueça que você pode usar a tecla Tab para completar o comando.

Veja que ao pressionar a Tecla Enter é listada a configuração que está sendo utilizada pelo roteador.

3. Pressione a Tecla Barra de espaços para rolar mais uma tela de configuração ou Enter para ir linha a linha. No final do comando retorna o prompt do modo EXEC usuário.

Acabamos assim de listar a configuração atual do roteador. Estamos considerando que este equipamento foi recentemente adquirido, portanto estaremos iniciando o processo de configuração. Note que se fizermos alguma configuração agora e por algum motivo o roteador for desligado, todo esse conteúdo será perdido.

Vamos agora verificar o conteúdo da NVRAM, lembrando que esta memória só terá alguma informação somente após que for feito um backup da configuração, ou seja, for salvo o arquivo de configuração.

1. A partir do modo EXEC privilegiado digite o comando showstartup-config + Enter

Veja que aparece a mensagem que não existe configuração na memória não-volátil, justamente porque não fizemos ainda a cópia do conteúdo da RAM à NVRAM

Vamos verificar o conteúdo da Memória Flash, para isso digite o comando show flash + Enter conforme figura abaixo.

Podemos perceber que existem dois arquivos de IOS e que esta flash possui um total de 16MB de espaço.

Além desses comandos show, podemos destacar alguns outros de bastante utilidade e que estaremos utilizando em futuros tutoriais, tais como:

Show interfaces: Lista todas as interfaces disponíveis no roteador e seus respectivos status(up/down).

Show users: Mostra uma lista de usuários que estão conectados ao roteador.

Show version: Mostra a versão e qual IOS carregado no momento. Veja abaixo:

Show protocol: Exibe o status global e específico da interface de qualquer protocolo de camada 3 configurado(IP/IPX, etc).

Show ip route: Exibe o conteúdo da tabela de roteamento.

Show history: Exibe o histórico dos comandos que foram inseridos.

Show ?: Exibe o help do comando show.

Show arp: Exibe a tabela ARP do roteador.

Parte 2 – Processo de Configuração das Interfaces

Antes de iniciar o processo de configuração de interfaces, vamos dar uma olhada nas interfaces disponíveis com o comando show interfaces.

 

 

 

Podemos observar que temos três interfaces, 2 seriais e 1 fast-ethernet. As seriais são: serial 0serial 1 e a fast-ethernet éfastethernet 0.

Vamos agora começar a configurar nossas interfaces. Para isso precisamos chegar até o modo EXEC de configuração de interfaces, faça o seguinte:

1. Entre no modo EXEC privilegiado do Roteador.

2. Agora precisamos acessar o modo de configuração global, digite o seguinte comando: configure terminal + Enter, aparecerá o prompt abaixo:

3. Agora digite o comando: interface serial 0 + Enter, estamos agora no modo de configuração da interface serial 0.

4. Estamos prontos agora para definir as configurações da minha interface serial. Vamos considerar que o endereço IP será 192.168.10.1 e a máscara de sub-rede 255.255.255.0. Para entrar com estas configurações digite o seguinte comando:

ip address 192.168.10.1 255.255.255.0 + Enter.

5. Outro comando indispensável é o clock da linha, para inserí-lo digite o seguinte comando: clock rate 56000 + Enter.

6. Precisamos ainda ligar esta interface com o comando: no shutdown + Enter

7. E definir a largura de banda de nosso link: bandwidth 64 +Enter.

Pronto! Desta forma configuramos nossa primeira interface, siga exatamente os mesmos passos para configurar a interface serial 1, porém na interface fast-ethernet não será necessário entrar com os comandos de clock rate e bandwidth, pois estas configurações são específicas para links seriais.

Parte 3 – Salvando o Arquivo de Configuração

Como já mencionei, todas as configurações feitas até aqui encontram-se na RAM. Precisamos fazer uma cópia dessas configurações para NVRAM, desta forma toda vez que o roteador for desligado não perderemos nossas configurações e o roteador inicializará com base neste arquivo de configuração. Para executar este comando, vá até o modo privilegiado e digite o seguinte comando:

copy running-config startup-config + Enter.

Será perguntado se o nome do arquivo de destino é startup-config, o que está entre colchetes informa o padrão, se quisermos manter este nome é só pressionar Enter.

Agora podemos desligar o roteador que nossa configuração permanecerá armazenada na NVRAM até que seja necessário excluí-la.

Fonte: http://www.juliobattisti.com.br/artigos/cisco/comandoshow001.asp

   

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.