Home Tutoriais Segurança O que é hoax e como fugir das farsas da Internet


O Facebook muda de cor. O BOL doa cinco centavos para uma garotinha doente cada vez que você envia um e-mail e sua vida vai ter azar se você não compartilhar esta mensagem com mais de 20 amigos. Histórias como essas têm comovido e enganado muita gente por aí. O hoax, como é chamado qualquer boato ou farsa na Internet, pode espalhar vírus entre os seus contatos. Para você ficar esperto e não cai mais nas historinhas da web, Confira:

O que é um hoax

 

Falsos sorteios do iPhone 5 ou frases que Clarice Lispector nunca disse são exemplos de Hoax. Trata-se de boatos recebidos por e-mail ou compartilhados em redes sociais. Em geral, são mensagens dramáticas ou alarmantes que acompanham imagens chocantes, falam de crianças doentes ou avisam sobre falsos vírus. O objetivo de quem cria esse tipo de mensagem pode ser apenas se divertir com a brincadeira (de mau gosto), denegrir a imagem de uma empresa ou espalhar uma ideologia política.

Os hoaxes podem gerar comoção, difamar alguém (já que não se sabe se a pessoa é culpada ou não por ter dito alguma frase polêmica ou maltratado algum animal, por exemplo) ou lotar a timeline dos amigos de mentiras. Se o hoax for do tipo phishing (derivado de fishing, pescaria, em inglês) o problema pode ser mais grave: o usuário que clicar pode ter seus dados pessoais ou bancários roubados por golpistas.

Por isso é tão importante ficar atento. Vamos às dicas:

1. Desconfie

Vídeos mostrando a morte de um cantor famoso ou os seios de uma determinada atriz são, no mínimo, suspeitos. Pode se tratar de uma piada sem graça que direciona o inocente usuário para um gif assustador (link) ou até mesmo instalar um vírus no seu computador. Antes de clicar, controle sua curiosidade e pense: “Se esse vídeo é verdadeiro, por que nenhum portal de notícias falou sobre isso?” ou “Será que a tal atriz se deixaria filmar em uma situação tão constrangedora?”. Enfim, desconfie sempre.

 

2. Com cara de Hoax

Ainda que o conteúdo pareça verídico, algumas características da imagem e do texto podem servir para identificar mentiras que circulam pela web. E-mails com as expressões “URGENTE” e “LEIA ESTA MENSAGEM”, e que contenham frases em letras coloridas e garrafais são indícios de que pode se tratar de um hoax. Já nas redes sociais, é comum ver uma foto (provavelmente uma montagem) que provoque comoção, nojo ou indignação. O nome de instituições ou pessoas são citados para conferir credibilidade e não há data para que o usuário acredite se tratar de um fato recente. Se ao final do texto houver o pedido para repassar a mensagem para o maior número de pessoas e ainda alguma “maldição” caso você não cumpra, não caia nessa.

3. Cheque a informação

Alguns desses boatos são tão velhos que uma pesquisa rápida no Google é suficiente para saber se a história é verdadeira ou falsa. Alguns sites também se especializaram em conferir a veracidade dos boatos da Internet. Antes de compartilhar, leia os comentários de outros usuários e, quando se tratar de uma rede social, verifique há quanto tempo o perfil foi criado e os conteúdos postados anteriormente, além de checar os sites de notícias. Resumindo, não acredite em qualquer coisa que encontrar pela web.

4. Tenha um bom antivírus

Embora os hoaxes, na maioria das vezes, sejam “apenas” histórias mentirosas, é melhor se prevenir. Afinal, se a curiosidade pode falar mais alto, é bom estar protegido. Instale um antivírus potente na sua máquina ou gadget. O Avast, o Avira e o AVG são algumas opções de antivírus gratuitos. Além dessa medida, bloquear ou dar unfollow nos amigos que gostam de compartilhar notícias fake por aí também é uma boa defesa.

5. Denuncie

Sem lotar a caixa de entrada ou a timeline de ninguém, procure ser solidário. Avise seus amigos que ficam assustados com os boatos. Depois, vá além: alerte aos administradores da rede social sobre o que está acontecendo. Na Central de Ajuda do Facebook, é possíveldenunciar spams ou páginas falsas. No Twitter, também há tópicos para quem quiser denunciar. Se o hoax for um site que rouba dados, fale com o Google, e se for possível, avise também a vítima da calúnia para que, por meio de nota oficial, possa desmentir o boato e tudo voltar ao normal.

 

Fonte: http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2013/05/o-que-e-hoax-e-como-fugir-das-farsas-da-internet.html

   

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.