Home Tutoriais Gerência de TI O que é mais importante na TI: processos ou atitude positiva?


Volta e meia eu me pego pensando sobre o tema acima. O assunto vale para qualquer área empresa e para nossa vida, não só na TI. Na minha cabeça a idéia de que ter processos bem definidos, medidos e implementados de acordo com ITIL, CobiT ou alguma ISO seria suficiente para chegar aos resultados desejados.

Eu (ainda) acredito que o processo é muito importante, pois ele organiza o trabalho e nos dá indicadores que possibilita criarmos melhorias. Entretanto, o processo para ser executado da melhor forma necessita de uma atitude positiva e focada no resultado.

Segundo Wikipédia, a atitude “ […] é ligada ao juízo de determinados objetos da percepção ou da imaginação – ou seja, a tendência de uma pessoa de julgar tais objetos como bons ou ruins, desejáveis ou indesejáveis”. Para mim, atitude está muito ligada na forma que as pessoas agem no dia-a-dia e como a empresa percebe e reconhece estas atitudes. A percepção que a organização cria sobre o que é certo ou errado vem das lideranças e dos níveis superiores da organização, não só pelo que falam, principalmente pelo exemplo que dão no dia-a-dia.

É muito comum ver as equipes focadas no processo, e usando-o como “bengala” para esconder ou justificar seus erros (atitude negativa), deixando de lado o resultado e dizendo: “mas eu segui o processo”, e lá na ponta o cliente (o resultado) sendo prejudicado. Vejo que a atitude positiva, no sentido da disposição das pessoas fazerem o que é necessário para atingir os resultados é mais importante do que o processo estar em conformidade com o framework X ou Y e conforme a “cartilha”. Porém, só a boa vontade sem organização não nos leva a lugar algum, por isso os processos são importantes.

Vou pegar um exemplo recente e que não é de TI. O Palmeiras foi campeão da copa do Brasil dias atrás, mas não tinha os melhores jogadores. O Felipão (o líder) desenhou bem o processo (a tática), entretanto, o que fez a diferença foi à atitude positiva dos jogadores em seguir o processo (tática) na busca do resultado, inspirada pelo seu líder. No final do jogo ficou muito nítido que o time estava jogando para seu líder, neste caso o técnico Felipão e para a torcida (seu cliente). Teve momentos que eles tiveram que deixar a tática (processo) de lado e dar o chutão ou fazer a falta que era necessária (atitude). Sem tática o time não iria a lugar nenhum, mas sem atitude iria menos longe ainda.

Na sua TI, como está sendo sua atitude e de sua equipe? Estão todos focados nos resultados que a TI precisa entregar sustentando os resultados do negócio? Ou se apoiando nos processos para justificar as falhas?

Fonte: http://www.governancadeti.com/2012/07/o-que-e-mais-importante-na-ti-processos-ou-atitude/

   

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.