Home Tutoriais Desenvolvimento Páginas fluidas


  1. Páginas fluidas: definição.
  2.   Para notícias e texto pode ser válido ter uma página que se redimensiona.
  3.   Para aplicações “web” é melhor usar tamanhos fixos.

1. Páginas fluidas: definição.
Dentro do esquema geral de uma página web existem várias opções:

  • Que a página esteja centrada ou justificada à esquerda.
  • Que a pagina tenha um tamanho fixo ou que se adapte ao tamanho do navegador.

Quando o tamanho da página se adapta às dimensões do navegador temos uma página fluida. Esta adaptação se consegue fazendo as tabelas que compõem nossa página com tamanhos relativos (%).

Amazon.com é uma página fluida que se pode seguir como exemplo.

2. Para notícias e texto intensivo é melhor usar páginas fluidas.
Para páginas com texto e notícias é melhor criar nossas páginas “fluidas” já que não prejudicamos a navegação em resoluções de monitor baixas (640×480) e sim que aproveitamos o uso de monitores com maior resolução ao oferecer mais informação na parte superior (menos scroll).

3. Para aplicações “web” é melhor usar tamanhos fixos.
No caso de aplicações “web” tipo “web mail”, “carrinho de compra” e formulários, é melhor usar páginas com tamanho fixo já que em monitores com resolução de tela superior a 1024 a distância entre a informação e os botões, é muito grande e se perde o contexto (botões situados na margem direita e o campo de texto na margem esquerda).

Isto não evita que possamos ter a página construída com zonas “fluidas” e zonas rígidas. Dentro de uma mesma página, zonas de botões e navegação é bom conservar o tamanho fixo e em zonas de informação é melhor oferecer uma solução “fluida”.

O inconveniente de usar tamanhos “fluidos” é que o navegador Netscape demora mais para pintar a informação.

Fonte: http://www.criarweb.com/artigos/557.php

   

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.