Home Matérias / Concurso Português – Ortografia I


EMPREGO DAS LETRAS S/Z

I – sufixo –ês e ez:

ÊS » derivado do latim ense. Forma adjetivos, algumas vezes substantivos, derivados de substantivos concretos.

Exemplo:

Chinês (China), francês (França), burguês (burgo), polonês (Polônia), japonês (Japão), holandês (Holanda).

EZ » Forma substantivos femininos, derivados de adjetivos.

Exemplo:

Acidez (ácido), estupidez (estúpido), nudez (nu), lucidez (lúcido).

 

II – sufixos ESA e EZA

ESA

Verbos terminados em –ender:

presa (prender), defesa (defender), empresa, empresário (empreender), surpresa, (surpreender).

Substantivos que designam títulos de nobreza.

Exemplo:

Consulesa, duquesa, marquesa, baronesa.

Formas femininas dos adjetivos terminados em –ês.

Exemplo:

Japonesa, francesa, polonesa, holandesa, burguesa, camponesa.

EZA

Substantivos femininos abstratos derivados de adjetivos que denotam qualidade, estado, condição.

Exemplo:

Beleza (belo), pobreza (pobre), fraqueza (fraco), riqueza (rico), franqueza (franco).

 

III – sufixos ISAR e IZAR:

Verbos terminados em –isar o radical dos nomes termina em –s.

Exemplo:

Frisar (friso + ar)

Pisar (piso + ar)

Catalisar (catálise + ar)

Analisar (análise + ar)

Verbos cujo radical não terminam em –s, grafam-se izar.

Exemplo:

Civilizar – (civil + izar)

Amenizar – (ameno + izar)

Colonizar – (colono + izar)

Cicatrizar – (cicatriz + ar)

Deslizar – (deslize + ar)

 

EMPREGO DA LETRA H

Não há valor fonético para esta letra, seja no início ou no fim das palavras.

Empregamos o H nos seguintes casos:
I – inicial, quando etimológico.

Exemplo:

Homem, hélice, hérnia, Horácio.

 

II – dígrafos ch, lh, nh.

Exemplo:

Chaveiro, mochila, chuva, ninho, palhaço, telhado, galho, minhoca, companhia, manhã.

 

III – nas interjeições.

Exemplo:

Ih! Esqueci da minha chave.

 

IV – no segundo elemento dos substantivos compostos unidos por hífen, se etimológico:

Exemplo:

Pré-histórico, anti-higiênico, super-homem.

 

V – no substantivo próprio Bahia. Nos derivados não se grafa o H.

Exemplo:

Baiana, baiano, baião.

 

EMPREGO DAS LETRAS E, I, O e U.

Escrevemos com a letra E:

I – na última sílaba dos verbos terminados em –uar:

Exemplo:

Continue, habitue, perpetue, pontue.

 

II – na última sílaba dos verbos terminados em –oar:

Exemplo:

Abençoe, magoe, perdoe.

 

III – palavras formadas com o prefixo ANTE.

Exemplo:

Antebraço, anteontem.

Escrevemos com a letra I:

 

I – na última sílaba  dos verbos terminados em –uir:

Exemplo:

Diminui, possui, retribui, usufrui.

 

II – palavras formadas pelo prefixo ANTI

Exemplo:

Antitetânica, anticristo, antibiótico.

Com a letra O escrevemos as seguintes palavras:

Canto, manto, botequim, engolir, mosquito, tribo, etc.

Com a letra U escrevemos as seguintes palavras:

Cúpula, tábua, tabuada, jabuti, urtiga, curumim, camundongo, etc.

Diferenciamos alguns parônimos pela oposição das letras E, I, O, U:

Área – ária

Emigrar – imigrar

Recrear – recriar

Descrição – discrição

Eminente – iminente

Soar – suar

Comprimento – cumprimento.

 

EMPREGO DO X

Na língua portuguesa o X é representado pelos seguintes fonemas:

CH CS Z SS S

 

CH

Vexame, enxada, enxurrada, xarope, xampu, xícara, etc.

 

CS

Sexo, táxi, tóxico, sexologia, toxicologia, etc.

 

Z

Exílio, exame, êxodo, exato, exatamente, exercício, examinar, etc.

 

SS

Auxílio, máxima, proximidade, próximo, Auxiliadora.

 

S

sexta-feira, expectativa, extenso, extensão, extensivo, expansivo, etc.

Escrevemos com X e não com S:

Êxtase, expoente, exponencial, têxtil, texto, textura, expiação, expiar, etc.

Escrevemos com X e não com CH:

 

I – depois de ditongo.

Exemplo:

Feixe, peixe, baixo, baixela, ameixa, etc.

 

II – em palavras iniciadas por –EN :

Enxurrada, enxame, enxuto, enxugar, enxugamento, etc.

 

III – nas palavras de origem africana ou indígena.

Abacaxi, Xingu, caxumba, Xavante, etc.

 

IV – em algumas palavras:

Bexiga, praxe, xingar, mexido, lixeira, lixo, puxada, xenofobia, etc.

Escrevemos com CH as seguintes palavras:

Mochila, fachada, pechincha, salsicha, chinelo, chocolate, flecha, chuveiro, chaveiro, chave, colcha, concha, chupeta, machucado, machucar, etc.

Fonte: http://www.juliobattisti.com.br/tutoriais/josebferraz/ortografia002.asp

   

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.