Home Matérias / Concurso Português – Preposições


DE, PARA, COM, essas pequenas palavras têm grande importância para nossa língua. Elas são usadas como elementos de ligação entre duas outras palavras e as chamamos de preposição.

Preposição » é a palavra invariável que liga duas outras palavras estabelecendo relações de sentido e de dependência.

Exemplo:

casa de Luiz fica distante.

A preposição de relaciona Luiz e casa, indicando uma relação de posse: a casa pertence a Luiz.

Rios, Pontes e Overdrives é uma música de Chico Science.

Nessa frase a palavra de relaciona Rios, Pontes e Overdrives e Chico Science, indicando uma relação de autoria: Chico Science é o autor da música.

A preposição estabelece relações, vejamos as principais:

Autoria – música de Roberto Carlos;

Lugar – vou ficar em casa;

Tempo – viajaremos em duas horas;

Modo – chegou aos prantos;

Causa – morrer de fome;

Assunto – falamos sobre economia;

Fim ou finalidade – enfeitamos a casa para o aniversário;

Instrumento – cortou o papel com a tesoura;

Companhia – viajei com o meu filho;

Meio – viajaremos de avião;

Matéria – comprei um anel de ouro;

Posse – o carro de Vitória;

Oposição – votaram contra o projeto;

Conteúdo – copo com água;

Preço – vendi meu carro por R$5000,00;

Origem – somos de Recife;

Destino – vou para BH.

 

CLASSIFICAÇÃO DA PREPOSIÇÃO

Podemos classificar as preposições de duas formas:

 ESSENCIAIS

São palavras que funcionam só como preposição:

a, ante, após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para, perante, por, sem, sob, sobre, trás.

Exemplo:

Vamos para casa.

Ficamos sem carro essa semana.

Essa loja existe desde 1980.

 

ACIDENTAIS

São palavras de outras classes gramaticais, que em certas ocasiões funcionam como preposição. São elas:

conforme, consoante, segundo, durante, mediante, como, salvo, fora, que.

Exemplo:

Prestou conta conforme borderô.

 

Distinção entre preposição, pronome pessoal obliquo e ARTIGO

O a é:

Preposição quando liga dois termos e estabelece relação de dependência entre eles. Nesse caso o a é invariável.

Exemplo:

Fui a Roma.

Fomos a Roma.

Pronome pessoal obliquo – quando substitui o substantivo.

Exemplo:

Nós convidamos Roberta para uma festa.

Nós a convidamos para uma festa.

Artigo quando antecede o substantivo e o determina.

Exemplo:

A garota foi aprovada no concurso.

As garotas foram aprovadas no concurso.

 

Locução prepositiva

Quando um conjunto de duas ou mais palavras faz a ligação entre dois termos, chamamos de locução prepositiva.

Exemplo:

Conseguimos vencer graças a Deus.

Ele estava acima de qualquer suspeita.

Os alunos resolveram o problema depois de muito esforço.

 

Principais locuções prepositivas

Abaixo de        acima de              acerca de

A fim de           além de                apesar de

Antes de          depois de              ao invés de

Diante de         em fase de           em vez de

Graças a          junto a                  junto com

Junto de          defronte de           através de

De encontro    a em frente de      em frente a

Sob pena de    a respeito de        ao encontro de

 

Combinação e contração da preposição

As preposições a, de, em e per quando unidas a certas palavras formam um só vocábulo. Podem ser unidas por:

Combinação

A preposição não sofre alteração.

– preposição a + artigos definidos o, os:

Exemplo:

Chegamos ao entardecer.

Os pilotos responderam aos repórteres.

– preposição a + advérbio onde:

Exemplo:

Vou aonde você quiser.

 

CONTRAÇÃO

Quando a preposição sofre alteração.

 

DE + ARTIGOS

De + o(s) – do(s)

De + a(s) – da(s)

De + um – dum

De + uns – duns

De + uma – duma

De + umas – dumas

 

DE + PRONOME PESSOAL

De + ele(s) – dele(s)

De + ela(s) – dela(s)

 

DE + PRONOMES DEMONSTRATIVOS

De + este(s) – deste(s)

De + esta(s) – desta(s)

De + esse(s) – desse(s)

De + essa(s) – dessa(s)

De + aquele(s) – daquele(s)

De + aquela(s) – daquela(s)

De + isto – disto

De + isso – disso

De + aquilo – daquilo

 

DE + ADVÉRBIO

De + aqui – daqui

De + aí – daí

De + ali – dali

 

EM + ARTIGOS

Em + o(s) – no(s)

Em + a(s) – na(s)

Em + um – num

Em + uma – numa

Em + uns – nuns

Em + umas – numas

 

A + ARTIGO FEMININO

A + à(s) – à(s)

 

PER + ARTIGOS

Per + o – pelo(s)

Per + a – pela(s)

 

DE + PRONOME INDEFINIDO

De + outro – doutro(s)

De + outra – doutra(s)

 

EM + PRONOME DEMONSTRATIVO

Em + este(s) – neste(s)

Em + esta(s) – nesta(s)

Em + esse(s) – nesse(s)

Em + aquele(s) – naquele(s)

Em + aquela(s) – naquela(s)

Em + isto – nisto

Em + isso – nisso

Em + aquilo – naquilo

 

A + PRONOME DEMONSTRATIVO

A + aquele(s) – àquele(s)

A + aquela(s) – àquela(s)

A + aquilo – àquilo

 

SÍNTESE DO TUTORIAL

Vimos nesse tutorial que preposição é uma palavra invariável e tem a função de ligar dois termos. Essa ligação cria uma relação de subordinação em que o segundo termo se subordina ao primeiro.

As preposições classificam-se em essenciais – sempre foram preposições – e acidentais – passaram a ser preposição, mas são provenientes de outras classes gramaticais.

A locução prepositiva é a relação entre duas palavras estabelecida através de uma expressão.

As preposições a, de, em per quando unidas a certas palavras formam um só vocábulo. Podem ser unidas por combinação – a preposição não sofre alteração – e por contração – quando a preposição sofre contração.

Fonte: http://www.juliobattisti.com.br/tutoriais/josebferraz/preposicao001.asp

   

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.