Home Tutoriais Design Programas de retoque fotográfico recomendáveis se você não quer usar Photoshop


Este artigo surgiu a partir de algumas recomendações a um amigo que precisava editar algumas imagens para subir em um catálogo de produtos que havíamos criado para sua empresa. Estavam editando as imagens com o Paint do Windows e como vocês podem imaginar o resultado não era o melhor. Queria saber como otimizar as imagens e como fazer diversos retoques que, a pesar de serem bem básicos, não podem ser feitos com o Paint.

É claro que, quando pensamos em um programa que nos permita fazer o retoque fotográfico e a edição de imagens em geral para uma web, em seguida nos vem à cabeça Photoshop. Sem dúvida é um programa excelente e não tenho dúvida de que solucionaria as necessidades do mais exigente dos profissionais. Contudo, tem alguma desvantagem que tampouco o torna adequado para qualquer pessoa.

Que programa ou programas podemos recomendar nestes casos a nossos clientes? Se somos um usuário básico, que quer simplesmente editar algumas imagens para subi-las ao próprio blog , realmente necessitamos Photoshop? Quais são as alternativas? Existe alguma alternativa gratuita de um editor simples que valha a pena? Espero responder a todas estas perguntas neste artigo.

Seria Photoshop a opção mais adequada para mim?

Photoshop é um software que vale muito dinheiro. Se somos honestos e queremos ter software original (algo muito louvável por parte dos usuários pessoais e absolutamente necessário no que se refere a profissionais e empresas), investir em torno de mil euros por Photoshop não está ao alcance de qualquer um. Sobram as palavras.

Depois, está a dificuldade de manejar Photoshop, que sinceramente, não é tanta se o que você quer fazer são os retoques típicos necessários para publicar páginas web. Ou seja, se você é um profissional criativo, claro que haverá coisas mais complicadas que você terá que fazer, porém uma pessoa que se dedica a editar fotos para publicar em uma página web, as opções que vai ter que dominar são bastante simples. De qualquer forma, para os que não conhecem Photoshop, começar a trabalhar com ele não costuma ser tarefa fácil e por isso existe um certo receio em dar esses primeiros passos.

Para mim esses dois fatores são a chave sobre se te interessa ou não Photoshop. Ou seja, seja pelo preço ou pela complexidade do software, pode ser interessante considerar outras opções.

Outras opções de editores gráficos recomendáveis

Entendo que uma pessoa que possa necessitar de uma alternativa para Photoshop tampouco se pode conformar com programas de baixa gama, como o nomeado Paint do Windows. Por menos que queiramos fazer, algumas características serão necessárias para poder gerar imagens de qualidade para uma página web.

Os requisitos do programa que marcamos como essenciais são:

  • Poder abrir várias imagens simultaneamente.
  • Poder trabalhar por meio de camadas.
  • Dispor de alguns filtros, como enfocar, desenfocar, corrigir níveis ou brilho e contraste, etc.
  • Oferecer ferramentas para otimizar as imagens para que ocupem menos espaço.
  • Poder desfazer varias ações .

Gimp:
É a clássica alternativa ao Photoshop em software de código aberto. É um programa com excelentes características e capacidades profissionais. É gratuito, de modo que qualquer pessoa pode experimentá-lo e ver se se adapta. Eu pessoalmente nunca me adaptei a usá-lo, pois estou muito acostumado a manejar Photoshop, mas algumas das pessoas que trabalhamos em CriarWeb.com o usam diariamente e estão contentes com ele. A vantagem é que tem versões para Windows, Linux e Mac, mas a desvantagem é que talvez seja um pouco difícil de utilizar, ao menos tanto quanto é Photoshop, de modo que provavelmente nem todas as pessoas podem sentir que é o programa mais adequado para elas.

Paint.net:
Um programa para Windows gratuito e similar em muitas coisas a Photoshop. Tem menos opções, e por isso deve ser mais fácil de utilizar. Porém, dispõe de tudo aquilo que necessitaríamos para editar imagens para a web.

Paint Shop Pro:
Este é um dos softwares mais clássicos para a edição de imagens. É uma interessante alternativa desde que comecei a me dedicar ao mundo da web profissionalmente. Sofreu diversas transformações e mudanças de dono, mas continua existindo. Agora é do fabricante de sofware Corel. Parece-me interessante porque o preço é bastante razoável (ronda os 100 dólares) e dispõe de uma opção de teste que se pode avaliar para saber se finalmente nos interessa pagar o que é pedido.

CinePaint:
Uma alternativa para os Linuxeros que realmente não conheço mas que tem uma cara bastante boa. Não possui no momento versão Windows, de modo que fica quase como mera curiosidade.

SeaShore:
E agora uma alternativa gratuita para os maqueros, um programa de código livre que tem as características básicas que necessitariam a maioria dos usuários, mas que não aspira substituir ferramentas profissionais. Tem somente versões para Mac OS X.

Editores online de imagens e de retoque fotográfico

À parte de todas as alternativas anteriores que sem dúvida oferecerão opções para todos os gostos, queremos destacar outra gama de programas que poderiam resultar interessantes para algumas pessoas. Trata-se dos editores online de imagens e de retoque fotográfico. São programas que funcionam no próprio navegador, de modo que qualquer um pode usá-los só com entrar em uma página web.

A vantagem é que não necessitam instalação e que estão disponíveis em qualquer computador conectado à Internet. A desvantagem é que, pelas particularidades das aplicações online, têm alguns detalhes que não as tornam tão cômodas de usar, nem tão versáteis ou rápidas como as aplicações de área de trabalho. No entanto, sua gratuidade as tornam idôneas para muitos casos e frequentemente oferecem algumas funcionalidades originais que podem nos ajudar a aumentar nossa criatividade.

Pixrl:
É o primeiro editor de imagens online de características avançadas que conheci. Para mim, é o que melhor funciona. Sua interface o faz muito similar a Photosohop, salvando as distâncias. É bastante mais simples que o programa de Adobe, embora tenha tudo aquilo que poderíamos necessitar para editar imagens e retocar fotografias.

Aviary:
Uma coleção de utilidades para trabalhar com imagens, ilustrações, som, etc. Está focado em aportar simplicidade e criar efeitos graciosos. Entre outras ferramentas, oferece um editor de imagens chamado Phoenix que seria algo parecido ao que oferece Pixrl. É bastante simples de utilizar, mas a verdade é que não dá a mesma qualidade de Pixrl.

Há diversos outros serviços online para o retoque de fotografias, mas ou não incluem tudo aquilo que antes assinalávamos como essencial (trabalho por camadas, filtros, otimização…) ou então os resultados obtidos não são de todo bons.

Programas para gestão de fotografias mais simples

Antes de terminar quero dar referências a dois programas que podem servir se todos os comentados anteriormente pareceram muito complicados. Talvez, se você for um blogger ocasional, ou simplesmente procura um programa para gerenciar sua biblioteca de fotos e subir ocasionalmente algumas a sites como Facebook, muitas das características que havia marcado como essenciais serão desnecessárias. Para isso poderiam servir alguns programas gratuitos de gestão de galerias de imagens.

Estes programas são muito fáceis de usar e resultarão ideais se você necessita administrar fotografias e fazer pequenos retoques antes de subi-las a seu web site ou a uma rede social, à parte de poder alterar seu tamanho para enviá-las por email. Talvez para um editor de uma web medianamente profissional falte alguma coisa, mas sinceramente, são tudo o que você necessita para poder fazer as coisas típicas que um usuário desejaria fazer com as fotografias em seu computador.

Windows Live Photo Gallery:
Um programa gratuito para gerenciamento da galeria de fotos, criado por Microsoft que tem funcionalidades interessantes e é fácil de usar. Você pode manter organizadas todas as fotos de seu disco rígido e está altamente integrado com vários serviços de armazenamento, publicação em blogs ou compartilhar em redes sociais.

Picasa:
Um programa similar ao anterior, criado por Google e que serve para manter a biblioteca de imagens e fazer retoques diversos. Permite também subir as imagens a redes sociais e exportá-las para mudar seu tamanho e qualidade, de modo que você possa enviá-las por email ou publicá-las em uma página web.

Fonte: http://www.criarweb.com/artigos/programas-reoque-fotografico.html

   
Similar articles
0 989

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.