Home Tutoriais Sistemas Operacionais Resolvendo problema de fluxo de mensagens no Exchange Server – Parte I


Processo de Envio de e-mails

O processo de envio do Exchange Server 2003 é simples, basta sabermos utilizarmos algumas ferramentas para resolução de problemas e teremos nossa organização Exchange com o envio de e-mails funcionando corretamente.

 

1. Verificar Smart host (Conector e/ou SMTP Virtual Server)

O Exchange pode enviar e-mails sem utilizar resolução DNS, que é uma técnica chamada Smart host com ela você pode dizer que tudo que não for seu domínio, ou seja, local é tudo redirecionado para a máquina definida nesta configuração.

O smart host pode ser definidos em dois locais em nível de Conectores e em nível de SMTP Virtual Server. Salvo alguns casos que o administrador tenha certeza de o porquê estar fazendo isso devemos dar preferência para o smart host dos conectores que é centralizado o em nível de SMTP Virtual Server é muito específico e não muito usual.

Mas porque utilizamos Smart hosts? Em alguns cenários o uso de Smart hosts são úteis, tais como:

» Seu servidor Exchange não possui resolução DNS internet e um servidor responsável pelo recebimento e envio de e-mails na sua empresa faz este trabalho, então todo o tráfego de mensagens é direcionado para este servidor. Em alguns casos pode ser um appliance dedicado para estas tarefas ou ainda um Linux para fazer este processo.

» Você possui uma empresa confiável que possui roteamento interno, então podemos criar um SMTP Connector específico para a empresa parceira e jogar todo o tráfego de mensagens internamente sem o uso de resolução DNS.

» Você possui IP dinâmico e pretende que o seu Exchange envie e-mails usando um SMTP autenticado do provedor, neste caso utilizamos um SMTP Connector autenticado.

 

1.1 Verificando o Smart Host no SMTP Virtual Server

Verificando o Smart host no SMTP Virtual Server

Para validar se o SMTP Virtual Server está com Smart host ativo, devemos verificar:

1. Abrir o Exchange System Manager

2. Expandir Administrative Groups

3. Expandir <Administrative Groups>

4. Expandir Servers

5. Expandir <Servidor>

6. Expandir Protocols

7. Expandir SMTP

8. Botão direito no <Default SMTP Virtual Server>

9. Ir até a guia Delivery e clicar em Advanced

10. No campo Smart host pode ter um nome FQDN (server1.something.net) ou ainda IP ([10.10.10.10])

Com esta configuração todas as mensagens enviadas a partir deste servidor serão encaminhadas para o servidor server1.something.net.

Se não houver nenhum motivo especial para esta configuração podemos removê-la e utilizar o Smart Host do Connector, ou ainda, através de DNS como veremos em seguida.

Observação: Todas as mensagens para domínios diferentes do próprio Exchange serão redirecionadas para o Smart host do SMTP Virtual Server, não havendo flexibilidade de alguns domínios. Se tivermos dois ou mais servidores Exchange na organização é necessário configurar o SMTP Virtual Server de cada um para atender a configuração de Smart host.

 

1.2 Verificando o Smart host nos Connectors

Há alguma diferença em relação ao Smart Host do SMTP Virtual Server e dos conectores? O funcionamento é o mesmo, mas a flexibilidade não. É aconselhável a utilização de Smart hosts em nível de conectores, por que o mesmo é em nível de Administrative Group não especificamente em cada servidor SMTP, com ele é mais fácil a resolução de problemas, podemos fazer por domínios e ainda quais servidores que podem utilizar tal connector.

1. Abrir o Exchange System Manager

2. Expandir Administrative Groups

3. Expandir <Administrative Groups>

4. Expandir Routing Groups

5. Expandir <Connector Routing Group>

6. Expandir Connectors, na direita irão aparecer os conectores

7. Clicar com o botão direito e pedir Properties

Este Connector chamado Saída Internet via Smarthost está configurado para smart host, ele está jogando o tráfego especificado na guia Address Space para o servidor server1.something.net e ainda definimos quais os servidores que podem enviar as mensagens, em nosso exemplo somente SRV-EXCHANGE01.

Com o SMTP Connector podemos deixar flexível quem são os servidores que utilizarão este conector para saída de e-mails e também para quais domínios, na guia Address Space verificamos abaixo que este conector estará enviando todo o fluxo de e-mails para o servidor smart host especificado na guia General.

1.3 E quando eu possuo IP dinâmico???

Bom neste caso muitos servidores de e-mail validam o processo de recebimento com o IP reverso do ponteiro MX do emissor, bloqueando desta forma o envio de servidores que possuem ip dinâmico, uma forma é utilizar o SMTP do provedor de internet para enviar todo o tráfego da organização Exchange, desta forma o Exchange faz relay autenticado em um servidor que possui todas as premissas para envio de e-mails. Devemos efetuar os seguintes passos para criar um SMTP Connector autenticado:

1. Abrir o Exchange System Manager

2. Expandir Administrative Groups

3. Expandir <Administrative Groups>

4. Expandir Routing Groups

5. Expandir <Connector Routing Group>

6. Clicar com o botão direito em Connectors, clicar em New e depois em SMTP Connector…

7. Na Guia General, clicar em Forward all mail though this connector to the following smart hosts e colocar o endereço do servidor SMTP do provedor, o mesmo que utilizamos no Outlook em casa, em nosso exemplo colocamos smtp.poa.terra.com.br e também devemos colocar em Local bridgeheads os nomes dos servidores que poderão utilizar este connector.

8. Ir até a guia Advanced e desmarcar a opção Send HELO instead of EHLO que com isto os verbos smtp na comunicação entre servidores podem incluir autenticação. Feito isso devemos clicar em Outbound Security…

9. Em Outbound Security colocar as credenciais do usuário do provedor para enviar e-mails clicando em Modify

10. E entrar com o nome de usuário do provedor e a respectiva senha.

Caso você tenha seguido este tutorial o passo 2 não é necessário no ambiente, podemos pular diretamente para o passo 3.

 

Pontos a validar caso ocorra problema:

» Validar autenticação do usuário

» Validar a conexão do Exchange Server com o servidor especificado na guia general

» Validar se o firewall permite tráfego do Exchange Server com o servidor destino (Porta 25 TCP)

» Utilizar o Queue do Exchange System Manager para validar, ver passo 4

 

2. Resolução DNS

A parte mais importante é a resolução DNS ela é responsável por trazer os registros MX, tais registram nos informam quais os servidores do domínio destino que são responsáveis pelo recebimento de e-mails, é através desta resolução que o servidor Exchange fará a comunicação para a entrega da mensagem.

Para nos certificarmos que o Exchange está utilizando a resolução DNS para envio de mensagens, devemos:

1. Abrir o Exchange System Manager

2. Expandir Administrative Groups

3. Expandir <Administrative Groups>

4. Expandir Routing Groups

5. Expandir <Connector Routing Group>

6. Expandir Connectors, na direita irão aparecer os conectores

7. Clicar com o botão direito e pedir Properties

8. Devemos atentar para opção Use DNS to route to each address space on this connectorestá selecionada, com isto sabemos que todos servidores que estiverem em Local bridgeheadspodem utilizar este conector para envio de e-mails.

Propriedades de um SMTP Connector configurado para utilizar resolução dns

Bom para nos certificarmos da nossa resolução DNS, devemos primeiramente pegar um domínio externo para teste, com ele em mãos devemos efetuar os seguintes passos:

1. Clicar em Start, Run digitar cmd e depois clicar em OK

2. Digitar nslookup

3. Digitar set type=mx

4. Digitar o nome do domínio desejado, exemplo: microsoft.com

5. Será mostrado o resultado como segue a figura abaixo

Resultado nslookup: Podemos perceber todos os endereços MX do domínio solicitado, tendo esta informação o Exchange irá conectar nos servidores listados acima para iniciar o processo de transferência de mensagens.

Com o exemplo acima, listamos todos os MX do domínio desejado, no caso microsoft.com. Agora sabemos que quando o Exchange for enviar um e-mail ele irá fazer a conexão nos ips listados acima.

 

Problemas possíveis

Caso a resposta não retorne os MXs para envio de e-mails devemos validar:

» Certificar que o Exchange não está configurando para Smart hosts

» Servidor DNS está operante?

» Anotar o endereço IP do DNS primário do servidor Exchange