O primeiro Nexus 7 era um bom negócio: um tablet bom o bastante por um ótimo preço. Mas o novo Nexus 7 é um verdadeiro “negócio da China”. É o melhor tablet com tela de 7 polegadas, ponto. A Google redefiniu o que é um tablet de baixo custo, um termo que não mais se refere apenas a aparelhos de menos de US$ 200 e qualidade duvidosa. Agora é possível um tablet sofisticado com uma tela de alta definição, carregamento sem fios, processador quad-core e 2 GB de RAM por apenas US$ 229 (preço nos EUA, pelo modelo Wi-Fi de 16 GB).

O novo Nexus 7 é mais do que simplesmente o próximo “Android padrão” da Google. É uma nova tentativa de fazer o que deveria ter sido feito direito na primeira vez. A gigante das buscas, com seu quase onipresente ecossistema Android, finalmente entrou no mercado de tablets “Premium”.

Mais fácil de segurar, mais rápido do que nunca

A primeira coisa que notei no novo Nexus 7 é que, apesar dele compartilhar o nome com seu predecessor, é um produto completamente diferente. O modelo antigo parece “antiquado” quando colocado ao lado deste novo “brinquedo”.

O novo Nexus 7 é mais fácil de segurar, graças a bordas que são 3 mm mais finas em cada lado da tela, então é possível segurá-lo confortavelmente em uma mão enquanto você usa a outra para se manter em pé no metrô no caminho para o trabalho. E graças à melhor ergonomia, também é muito mais fácil usá-lo com uma mão só.

A Google abandonou o processador Nvidia Tegra 3, substituído por um Qualcomm Snapdragon S4 Pro quad-core rodando a 1.5 GHz. Se o nome soa familiar, é porque ele é o mesmo processador usado no Nexus 4, um smartphone produzido para a Google pela LG. O Nexus 7 certamente parece muito mais rápido que seu predecessor: jogos e apps abrem rapidamente e alternar entre apps, ou entre o Google Now e a tela inicial é instantâneo.

Segundo a Google o novo Nexus 7 tem uma autonomia de até 9 horas de uso contínuo com uma carga da bateria. Em nossos testes conseguimos 8 horas e 47 minutos com uma carga tocando continuamente um vídeo em alta definição. É um pouquinho menos do que o anunciado pela Google, mas muito menos do que as 10 horas e 12 minutos que o “velho” Nexus 7 conseguiu. Embora os resultados estejam na média de tablets do mesmo tamanho, é difícil fazer uma comparação direta porque seus principais concorrentes, o iPad Mini e o Kindle Fire com tela de 7” não tem telas HD.

Finalmente a Google adicionou uma câmera ao Nexus 7. E embora ela seja equipada com um sensor de 5 MP e certamente capaz, você não irá querer depender apenas dela para registrar suas férias. As fotos feitas com o app de câmera padrão em ambientes pouco iluminados ficaram escuras demais, mesmo usando o modo adequado. As feitas em locais melhor iluminados são boas o suficiente para colocar na internet, mas não para registrar os melhores dias de sua vida.

O Nexus 7 tem alguns outros recursos legais, como uma porta USB com suporte a SlimPort (permitindo a conexão direta a TVs usando um adaptador HDMI vendido separadamente), suporte a carregamento sem fios e NFC para facilitar a troca de informações com outros aparelhos ou acessórios. Os novos alto-falantes estéreo também são uma melhoria dramática. Mas se você tem mãos grandes e segura o aparelho no modo paisagem pode acabar abafando o som com as mãos, o que pode ser um inconveniente quando você está tentando jogar um jogo ou assistir um filme sem fones de ouvido.

Um incômodo no novo Nexus 7 é que a memória não é expansível, portanto você terá de optar pelo modelo mais caro, ou investir em um serviço de armazenamento online, se for um fanático por multimídia.

Olha essa tela!

Não importa se está escuro em sua casa ou muito claro no trem, a tela LCD IPS de 1200 x 1920 pixels (323 ppi) é impressionante. Fiquei espantada em ver uma tela deste calibre em um aparelho que custa menos de US$ 250. A resolução proporciona texto extremamente nítido em apps como o Kindle, e o brilho da tela é superior ao do modelo passado, embora as cores sejam um pouco super-saturadas.

No geral, graças ao design mais esguio e tela mais nítida e brilhante, gostei mais de ler no novo Nexus 7 do que no modelo anterior.

Melhor que todos os outros.

Se você levar em consideração apenas as especificações técnicas, o iPad Mini terá muito trabalho pela frente. Seu processador é menos poderoso do que o usado no Nexus 7 e ele tem apenas 512 MB de RAM, contra 2 GB no aparelho da Google, uma diferença importante na hora da multitarefa. A tela do Mini é maior que a do Nexus 7 e tem uma proporção diferente mas tem resolução menor, o que dá à Google a vantagem. E enquanto um iPad Mini de 16 GB custa US$ 329, o Nexus 7 custa US$ 239, e a versão com 32 GB de memória custa apenas US$ 30 a mais. A única vantagem da Apple nessa comparação é uma coleção superior de apps otimizados para tablets. A loja Google Play é cheia de apps, mas poucas são feitas para tirar proveito de telas de 7” ou mais.

 

O primeiro com o Android 4.3

O Nexus 7 é o primeiro aparelho da família Nexus lançado com o Android 4.3, uma versão “incremental” do sistema com recursos como OpenGL ES 3.0 (para gráficos mais sofisticados em jogos), Bluetooth 4.0 LE (para comunicação com acessórios com baixo consumo de energia) e a habilidade de restringir os apps e recursos disponíveis a contas de usuário. Este recurso pode ser especialmente útil para quem pretende compartilhar um único tablet com múltiplos membros da família.

A Google está tentando remediar a situação dos apps para tablets com uma seção exclusiva para elas na Google Play. E como o Nexus 7 é um “Nexus”, será um dos primeiros a receber atualizações do sistema operacional, então você não precisará se preocupar com fragmentação ou em “ficar para trás” à medida em que o Android evolui.

Veredito

O Nexus 7 de segunda geraçao oferece bons recursos por um preço acessível. Se você já é um usuário “veterano” de tablets, a decisão de comprar ou não este aparelho depende de quão integrado você está ao ecossistema da Google. Ainda assim, este tablet consegue enfrentar qualquer outro tablet com tela de 7 polegadas atualmente no mercado, e não vai pesar muito no seu bolso. Se você anda procurando um tablet Android com tela de 7 polegadas, acaba de encontrar o que queria.

Fonte: http://pcworld.uol.com.br/reviews/2013/08/12/novo-nexus-7-e-o-melhor-tablet-de-7-polegadas-que-o-dinheiro-pode-comprar/

   
Similar articles