Home Tutoriais Gerência de TI SMF Reliability Confiabilidade


Um serviço ou sistema confiável deve estar disponível sempre que seus usuários quiserem e precisarem utilizá-lo, precisando o mínimo de manutenção possível para que esteja sempre ativo, isso considerando as mudanças organizacionais e eventuais problemas. A SMF Reliability assume três principais processos: Planejamento, Implementação e Monitoração e Melhoria.

 

Objetivos

 

O principal objetivo deste SMF é garantir que a capacidade, disponibilidade, integridade, continuidade e a confidencialidade de um serviço estejam alinhadas com as necessidades do negócio com um custo efetivo.

 

Processos

 

Para que cada um dos processos desta SMF seja realizado existe um fluxo, este fluxo pode acontecer de forma seqüencial ou paralela, dependendo de como cada processo funciona dentro da organização. É claro que quando existem dependências entre um processo e outro estes deverão ser executados de forma seqüencial ou ainda se a pessoa ou equipe responsável por um processo for a mesma pelo outro também. O que eu quero dizer é que, dependendo da forma com que o processo foi implementado na organização, suas dependências ou ainda o tamanho da equipe responsável por ele, sua execução será ligeiramente alterada, mas isso não afetará suas atividades ou produto final. Acompanhe a seguir os 3 processos e suas atividades para a SMF Reliability.

  • Planejamento.

A atividade de planejamento possibilitará a TI entender e documentar as necessidades da organização para com um novo serviço ou uma alteração em um serviço já em produção, permitindo assim a priorização e alocação de recursos investidos de acordo com a prioridade da própria organização. As principais atividades deste processo são:

  • Definir os requisitos do serviço
  • Planejar e Analisar
  • Implementação.

Durante esta atividade alguns planos deverão ser documentados, como o plano de Disponibilidade, de Capacidade, de Segurança, de Recuperação de Desastres e o de Monitoração, sempre, é claro, realizando revisões constantes nestes documentos. Mais uma vez o tamanho da organização poderá mudar um pouco o processo, pois em organizações menores estes planos poderão todos estar em um único documento, algo que seria diferente em organizações grandes que pelo volume de informações devem trabalham com um documento para cada plano. Para criar estes planos será necessário avaliar a infra-estrutura atual, quais os efeitos que o serviço causará, escolher as melhores tecnologias para realizar estas tarefas, validar os planos de acordo com a expectativa da organização e se necessário adaptar cada um deles com as necessidades atuais da empresa. As principais atividades deste processo são:

  • Desenvolver o plano de Disponibilidade
  • Desenvolver o plano de Capacidade
  • Desenvolver o plano de Segurança da Informação
  • Desenvolver o plano de Recuperação de Desastres
  • Desenvolver o plano de Monitoração
  • Revisar e aprovar todos os planos desenvolvidos
  • Monitoração e Melhoramento dos Planos.

A atividade de monitorar e melhorar os planos vai possibilitar uma análise contínua para saber se o que vem sendo desenvolvido está de acordo com o que a organização precisa e se estiver quais são as possíveis melhorias que podem ser feitas. As principais atividades deste processo são:

  • Monitorar
  • Relatar e Analisar tendências
  • Revisar a confiabilidade

Conclusão

 

E assim terminamos mais um artigo sobre MOF 4.0, desta vez conhecemos os processos da SMF Reliability, no próximo artigo nós aprenderemos um pouco sobre as atividades da SMF Policy, até lá e muito obrigado pela leitura.

Fonte: http://www.juliobattisti.com.br/tutoriais/clebermarques/mof40_010.asp

   

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.