Home Tutoriais Tecnologia Como ganhar dinheiro com Diablo 3


Uma das novidades mais bacanas de Diablo 3 é a introdução da Casa de Leilões com dinheiro real. Nela é possível vender uma série de benefícios, entre equipamentos, gemas, tinturas, armas e até dinheiro virtual, mas realizar todas estas transações com dinheiro real. Quem jogou os games anteriores da série sabe que isso já existia, de certa forma, mas não era algo oficial e funcionava por fora do jogo. A produtora resolveu oficializar a funcionalidade para acabar com a polêmica e beneficiar seus jogadores.

Mas como ganhar dinheiro com Diablo 3? Antes de tudo, há um grande “porém”. Em diversos territórios é possível vender seus itens na Casa de Leilões e ganhar dinheiro real para depois resgatá-lo via transferência bancária ou Paypal. Porém, isso não é totalmente possível para jogadores brasileiros. É claro que você ainda pode vender e ganhar dinheiro real dentro do seu game, mas no caso dos brasileiros, por enquanto, a Blizzard só permite que este dinheiro seja gasto na loja virtual da empresa, e não resgatado.

Este quadro pode mudar com o tempo, mas por enquanto é o único jeito. De qualquer forma, não seria nada mau acumular uma boa grana no jogo e poder comprar o que quiser na loja online da Blizzard, não é? Lá é possível adquirir jogos digitais e físicos, camisas, mousepads, pets e montarias para seus personagens nos jogos e uma série de itens relacionados a World of Warcraft, Diablo e StarCraft. Já pensou em poder comprar tudo isso? Basta se esforçar com a Casa de Leilões de Diablo 3.

Burocracia

Vale lembrar ainda que as transações da Casa de Leilões podem ser passíveis de algum imposto. As leis fiscais variam de região para região e é possível que seja necessário pagar impostos sobre o rendimento recolhido das vendas. Determinados estados também impõem um imposto de venda sobre todas as compras digitais, recolhido no momento em que o jogador compra um item da Casa de Leilões baseada em dinheiro real. Neste caso, consulte os regulamentos locais de impostos ou fale com um consultor fiscal para obter mais informações.

Há ainda as taxas obrigatórias da produtora. Os jogadores pagarão uma taxa de R$ 1,80 para cada item – arma e equipamento – vendido. Para produtos como materiais de produção, pedras preciosas, ouro e outros itens “empilháveis”, a taxa de 15% é deduzida do preço total da venda. Esta também foi uma forma que a Blizzard arrumou para receber algum lucro da funcionalidade, claro.

Como vender

Passado todo o papo burocrático, é hora de aprender como manusear esta novidade. O jogador deve abrir a interface da Casa de Leilão antes de entrar em uma sessão de jogo emDiablo 3. Para tal, basta clicar no botão da “Casa de Leilão” na tela principal. Itens podem ser vendidos a partir do baú compartilhado (armazenamento compartilhado entre todos os personagens de Diablo 3 em uma região do jogo, na sua conta Battle.net), a partir do inventário de qualquer personagem individual ou ainda a partir de itens presentemente equipados.

Antes de publicar o item, o vendedor deverá decidir se vai vendê-lo na casa de leilão baseada em ouro (o dinheiro virtual do jogo) ou na casa de leilão baseada em dinheiro real. O item é então mantido pelo sistema da casa de leilão, até que o anúncio expire (todos os anúncios duram um período máximo de 36 horas) ou até que uma compra seja efetuada ou até que o vendedor cancele o leilão. Importante: itens que não são vendidos são devolvidos ao vendedor. Itens que sejam vendidos são entregues a quem vencer o leilão. Em qualquer um dos casos, o item aparece na página “Completada” do jogador na interface da Casa de Leilão. Aí então o item pode ser movido para o baú pessoal do jogador. Se o item é vendido, o sistema da Casa de Leilão deduz a taxa de transação nominal do vendedor.

Cada conta da Battle.net tem um limite máximo de dez leilões ativos por Casa de Leilão, ouro e dinheiro real, então não adianta querer colocar 100 itens para venda.

Dicas para ser um bom vendedor

Para ser um bom vendedor em Diablo 3 você tem que dedicar tempo durante a campanha. Como estamos falando de um jogo no estilo “dungeon crawler”, com grande exploração de cenários e masmorras que rendem itens por cada inimigo derrotado, você deverá passar um bom tempo caçando caras maus por aí e abrindo baús. Assim seu personagem poderá se deparar com os itens mais raros do mundo de Diablo 3 e você poderá vendê-los na Casa de Leilões.

A tentação sempre vai ser grande quando você encontrar aquela magnífica espada que ninguém mais tem. Afinal, seu personagem vai ficar super poderoso e com uma aparência ótima carregando aquela arma. Mas, se quiser se dar bem nas vendas, o jeito é resistir e anunciar um leilão para essa espada mágica sem pestanejar. Logo algum outro jogador vai resolver pagar uma quantia nela e você ganhará bem mais do que poder extra para seu guerreiro.

Uma boa dica para encontrar itens raros é sempre procurar as fases mais difíceis e também utilizar itens que aumentem a sorte do seu personagem. A sorte é fundamental para que ele encontre um item ou arma exclusiva, já que tudo o que cai dos inimigos é aleatório. Rumores dizem que até hoje existem itens que nunca foram encontrados pelos jogadores. Já pensou se você se depara com um desse?

Lembre-se que existem milhões de jogadores de Diablo 3 pelo mundo, então a competição é grande. Sempre existem aqueles jogadores que passam horas e horas na frente do game, então vale a pena se dedicar para ver se encontra mais itens raros do que eles, e assim se destacar na Casa de Leilões.

Outra boa dica é se especializar em alguma classe de personagem, com vendas de nicho, como existe no mundo real. Para isso, entenda um pouco mais sobre cada uma delas e que tipo de armas e equipamentos elas poderiam procurar. Um Caçador de Demônios, por exemplo, procura itens que aumentam destreza, vitalidade e resistências das magias, então é uma boa começar por aí para chamar a atenção deste tipo de público. Já o Bárbaro só vai procurar itens e armas que aumentem a força e a vitalidade. O ideal mesmo é que você jogue um pouco com cada uma dessas classes, para que assim saiba o que jogadores irão procurar para elas.

A Casa de Leilões é de fácil acesso e entendimento – o difícil mesmo é se destacar nas vendas. O menu principal contém apenas quatro opções: Busca, Vender, Leilões e Completada. Como o game está em português brasileiro, fica fácil entender cada uma delas. O início pode ser difícil, mas logo um bom jogador vai dominar as técnicas de venda e de como adquirir bons itens ou acumular ouro virtual para vender por lá.

Em breve a Blizzard deve liberar ainda a compra e venda de personagens na Casa de Leilões, então pode ser uma boa já começar a pensar em evoluir um personagem e colocá-lo com os melhores equipamentos. Vai que você tira quase um salário mínimo em uma brincadeira dessas? O valor máximo para cada leilão é de US$ 250 (cerca de R$ 500), então não é impossível.

 

Fonte: http://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/noticia/2012/08/como-ganhar-dinheiro-com-diablo-3.html

   
Similar articles

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.