Home Tutoriais Desenvolvimento Paginar resultados em ASP


Em artigos anteriores vimos quais são as propriedades e métodos principais do objeto RecordSet, agora falta somente coloca-los em prática para consolidar nossos conhecimentos.

Neste capítulo propomos e descrevemos um script que divide em distintas páginas os registros obtidos a partir de uma consulta à base de dados mediante a exploração do objeto RecordSet.

Trata-se de um derivado do clássico script que podemos encontrar em qualquer tipo de buscador. De fato, este script pode ser muito facilmente fusionado com o protótipo de buscador proposto neste mesmo workshop de forma a providenciar a construção de uma sentença SQL que, despois de sua execução poderá ser paginada por meio deste script.

A seguir apresentamos a lista que, para maior clareza, utiliza uma única sentença SQL. Deixamos por sua conta a fusão deste script com o do buscador.

<html>
<head>
<title>Repaginador de resultados</title>
</head>
<%
sSQL=”select o que quiser”
‘esta sentenca SQL pode ser criada a partir de um buscador como o que vimos em outro artigo
‘e armazenada em um sessao para emprega-la sucessivas vezes no script: session(“ssql”)=ssql

‘atualizamos numero de pagina
If Request.QueryString(“pag”)<>”” Then
Session(“pagina”)=Request.QueryString(“pag”)
Else
Session(“pagina”)=1
End If

‘constantes ADO VBScript
Const adCmdText = &H0001
Const adOpenStatic = 3

Set Conn = Server.CreateObject(“ADODB.Connection”)
Set Command = Server.CreateObject(“ADODB.Command”)
Set RS =Server.CreateObject(“ADODB.RecordSet”)
Conn.Open “nome de sua base de dados”
RS.Open sSQL,Conn,adopenstatic,adcmdtext

‘resultados por pagina a escolher arbitrariamente
num_registros = 5

‘Dimensionamos as paginas e determinamos a pagina atual
RS.PageSize=num_registros
RS.AbsolutePage=Session(“pagina”)
%>

<body>
<div align=”center”>
Número de página actual: <b><%=Session(“pagina”)%></b>
<br>
Número de páginas total: <b><%=RS.PageCount%></b>
<br>
Número de registros por página: <b><%=RS.PageSize%></b>
<br>
Número de registros selecionados: <b><%=RS.RecordCount%></b>
</div>
<br><br>

<table cellspacing=”2″ cellpadding=”2″ border=”1″ align=”center”>
<%
‘Contamos o número de campos
num_campos=RS.Fields.Count For campo=0 to num_campos-1%>
<td align=”center”><%=RS(campo).Name%></td>
<%
Next
registros_mostrados = 0
While (Not RS.eof And registros_mostrados < num_registros)
registros_mostrados = registros_mostrados +1
%>
<tr>
<%For campo=0 to num_campos-1 %>
<td align=”center”><%=RS(campo)%></td>
<%Next%>
</tr>
<%
RS.MoveNext
Wend
%>
<tr>
<td colspan=”<%=num_campos%>” align=”center”>
<%
i=0
While i<RS.PageCount
i=i+1
%>
<b><a href=”paginar.asp?pag=<%=i%>”><%=i%></a></b>
<%
Wend
%>
</td>
</tr>
</table>
<%
RS.Close
Conn.Close
%>
</body>
</html>

O primeiro passo foi definir a sentença SQL cujos resultados vamos paginar. Se quisermos fusionar este script ao do buscador deveremos salvar a ordem gerada por nossas funções em uma variável session para não perdê-la cada vez que clicamos sobre um dos links para irmos a outra página com resultados.

A seguir definimos a página na qual nos encontramos. Esta será a primeira por padrão ou terá um valor definido (passado por URL) se o internauta se encontra navegando pelos resultados.

A abertura do objeto RecordSet deve ser feito neste caso de uma forma distinta de como vimos em casos anteriores. Uma série de parâmetros em forma de constantes são requeridos para sua correta abertura. Não vamos entrar em detalhes sobre o que isso significa unicamente diremos que estes pârametros fazem parte de uma coleção de constantes ADO. Diremos também que esta é a forma clássica de abertura que nos permite selecionar os registros mediante SQL e movermos em todos os sentidos com o ponteiro do objeto RecordSet.

Executada a senteça SQL nos falta por dimensionar as páginas. Deveremos especificar o número de registros para mostrar em cada uma (PageSize) e em qual delas nos encontramos (AbsolutePage). O objeto se encarregará de calcular outra série de propriedades como são o número de páginas total (PageCount) e o número de registros presentes em nosso objeto (RecordCount).

Quisemos aproveitar este artigo para apresentar duas propriedades Hemos querido aprovechar este artículo para presentar dos propiedades úteis para a gestão de campos: A coleção Fields, que nos dá acesso ao conjunto de campos cujo número pode ser facilmente computado (RS.Fields.Count) e, por outro lado, a propriedade Name que nos permite extrair o nome de tais campos tal como podemos ver no primeiro loop for.

A forma de mostrar os resultados na tela não difiere do que foi visto em outros scripts. Somente há que lembrarmos de introduzir uma condição suplementária no loop While e é que a quantidade de registros mostrados não sobrepasse o número de registros por página previamente definido.

Finalmente, antes de fechar os objetos, geramos dinamicamente os links que apontam para esta mesma página pelos quais passamos o número de página que queremos visualizar. Este loop, simplificado ao máximo, pode ser complementado com um loop à página anterior, outro à seguinte, um à primeira e outro à última. Podemos também gerar o número de página atual não em forma de link, mas sim em forma de texto simples visto que isso permite ao visitante ver rapidamente em que página se encontra e se evita de mostrar um link que aponta ao mesmo conteúdo que se está vendo.

Outras melhoras possíveis são: Calcular o intervalo de resultados que está sendo mostrado na página (A frase típica: “Aqui estão os resultados de x a y”), umma mensagem de “Nenhum resultado obtido” para casos nos que o Recordset está vazio (RS.Eof), apresentar um formulário para efetuar uma nova busca sem sair da página…

Esperamos que possam aproveitar este script para seus websites.

Fonte: http://www.criarweb.com/artigos/404.php

   

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.