Home Tutoriais Sistemas Operacionais Planejando migrações para o Exchange 2003


Com a crescente demanda por facilidades de acesso, mobilidade e outras funcionalidades que o Exchange Server 2003 oferece as migrações de sistema de correio estão se tornando cada vez mais freqüentes. Mas de acordo com a filosofia MOF (Microsoft Operations Framework) é importante gastarmos um tempo significativo na fase de projeto para não encontrarmos problemas na parte de implementação da solução.

Neste artigo vamos mostrar o que é necessário para migrarmos de diferentes sistemas de correio para o Exchange Server 2003, iremos abordar pontos importantes de migração de Exchange 5.5, Exchange 2000 e Exchange 2003. As plataformas: Notes, Novell GroupWise e Linux será abordado em um segundo artigo.

 

Escolhendo o tipo de migração a ser utilizado

A organização é delimitada pela floresta do Active Directory, então podemos definir que cada floresta do Active Directory pode ter uma única organização.

Quando os servidores Exchange estão na mesma organização é possível usar as ferramentas do próprio Exchange para migração de objetos (Move mailbox Wizard e definição de replicação das Public Folders) ficando muito simples a migração. As migrações na mesma organização são geralmente as mais utilizadas.

Mas em alguns casos a única migração possível é a Inter-Organizational Migration, que não pode contar com as ferramentas antes mencionadas. Um exemplo deste tipo de migração é quando uma empresa que já possui uma organização Exchange compra uma Empresa que já possui organização Exchange criada, como não podemos fazer uma mescla das organizações uma migração entre organizações se faz necessário.

 

Migrações de Exchange 5.5/2000 para Exchange 2003 na mesma organização

O Exchange teve uma grande mudança da versão 5.5 para a versão 2000/2003, com a adoção de um diretório central e único (Active Directory) que agora armazena todas configurações do Exchange.

 

Migração Exchange 5.5

Não existe como fazer um upgrade in place do Exchange 2003, ou seja, não podemos instalar por cima um Exchange Server 2003 em um Exchange 5.5, é necessário instalar um novo servidor Exchange 2003 coloca-lo na mesma organização que o Exchange 5.5 e depois migrar os recursos.

Para fazermos tal implementação devemos atentar para os seguintes detalhes:

  • O primeiro Exchange Server 2003 NÃO pode ser um cluster, devido a base SRS (Site Replication Services);
  • Devemos instalar o ADC Connector (conforme figura acima) para integrar os diretórios do 5.5 e Active Directory utilizando Connection Agreements de Public Folders e Usuários;
  • Depois do ADC instalado devemos mover todos os recursos e descomissionar os servidores Exchange 5.5 antigos.

Migração Exchange 2000

Como Exchange 2000 e Exchange 2003 utilizam o mesmo diretório de configurações e objetos (Active Directory) a implementação fica muito simples. Mas mesmo assim temos 2 opções de fazermos a migração deste ambiente: com upgrade e com coexistência.

 

Upgrade do Exchange 2000 para 2003

O upgrade é simples, mas é preciso validarmos todos os pré-requisitos descritos abaixo, basta colocar o CD do Exchange 2003 e configurar Upgrade na janela de Component Selection.

  • Na versão 2000 existia o Instant Messaging Server, que não está mais disponível no 2003 (atualmente é um produto separado chamado Live Communication Server) é necessário removê-lo;
  • Remova o Microsoft Mobile Information Server do servidor Exchange 2000 antes do upgrade, esta feature não é mais utilizada na versão 2003;
  • Remover os componentes: Exchange Chat Server, Exchange 2000 Conferencing Server, Key Management Server, Lótus cc: mail connector e MsMail Connector. Esta remoção é feita com o setup do Exchange 2000.
  • Se houver servidores Front-End é OBRIGATÓRIO upgrade dos mesmos inicialmente, TODOS os servidores front-end devem estar com a nova versão antes dos servidores de back-end.

Migração utilizando coexistência

Apesar de existir a migração com upgrade, a migração com coexistência é muito mais segura, pelo fato e ser feita gradualmente sem impactar o usuário final. Caso ocorra algum problema mais sério é possível voltar o ambiente.

 

Neste tipo de migração não precisamos ter o cuidado de remover os serviços do upgrade, mas temos que endereçar os serviços que não existem mais integrados no Exchange 2003.

 

Devemos apenas instalar um novo Exchange 2003 e migrar os recursos (Caixas de usuários e Public Folders), depois que não tivermos mais nenhum recurso no Exchange 2000, devemos seguir o artigo http://support.microsoft.com/default.aspx?scid=kb;en-us;822931 para remover o definitivamente o Exchange 200.

 

Migração de Exchange 5.5/2000/2003 para uma nova organização Exchange 2003

Quando temos uma migração entre organizações, devemos utilizar ferramentas da própria Microsoft para sincronizarmos os diferentes tipos de objetos (Diretórios, Public Folders, Free Busy) e também o fluxo de e-mails entre as organizações Exchange.

Existem duas formas de migração entre organizações com coexistência e altamente recomendada e a in place (não recomendada). A migração in place não requer muitas explicações porque toda migração é feita em único momento

Os passos que devemos validar abaixo é independente da organização origem (5.5 ou 2000/2003):

  • Para a replicação de Public folders devemos utilizar o Inter-Organizational Replication Tool, que é uma ferramenta gratuita que vem no ExchangeAllTools, que pode ser obtido através do site de downloads da Microsoft (http://www.microsoft.com/downloads).
    Um dos problemas da migração de Public folders Intra-Organizações é que as permissões não são replicadas e devem ser configuradas no destino. Se as public folders tiverem Forms não há problema o InterOrg funciona perfeitamente.
  • A movimentação de caixas de usuário, devemos utilizar o Exchange Server Migration Wizard que irá fazer uma cópia das mensagens do servidor legado de origem para o novo servidor. Importante salientar que nesta cópia as regras de correio das caixas não permanecem.
  • Impacto ao usuário final. Todas caixas migradas por padrão quando o usuário tentar abrir o Outlook vai dar erro de servidor não encontrado, isto ocorre porque o servidor para onde as caixas foram migradas não está na mesma organização. Para resolver este problema há um utilitário chamado ExProfre que pode ser passado via logon script na máquina do usuário migrado que redireciona o perfil para o novo servidor, porém este utilitário só funciona em Windows 2000 e posteriores com Outlook 98 e posteriores.

Checklist da migração InterOrganizational do Exchange 2003

Feature Exchange 5.5 Exchange 2000/2003
Sincronização de diretórios ADC1 IIFP2
Replicação de Public Folders Inter-Organizational Replication Tool Inter-Organizational Replication Tool
Fluxo de e-mails Compartilhamento do espaço SMTP Compartilhamento do espaço SMTP
Migração de mailboxes Exchange Server Migration Wizard Exchange Server Migration Wizard
Usuário Final Colocar um script de logon utilizando o ExProfre. Colocar um script de logon utilizando o ExProfre.

Observação 1: Migração com coexistência (Exchange 5.5) para Exchange 2003

A migração para uma nova organização quando há o Exchange 5.5 é atípica, isto ocorre porque a Organização Exchange do 5.5 fica em um diretório separado do diretório de autenticação NT. Devido ao design do produto, temos a possibilidade de uma mesma base de usuário (Active Directory) ter 2 organizações (uma organização 5.5 e outra organização 2003). Devemos contemplar os seguintes pontos:

  • A sincronização de usuários é feita através do ADC, que cria contatos na organização oposta. Exemplo: Usuários mailenable (que possuem caixa no Exchange 2003) serão criados contatos no Exchange 5.5 e vice-versa.

Observação 2: Migração com coexistência (Exchange 2000/2003) para Exchange 2003

A migração com coexistência com os servidores origem Exchange 2000/2003 para uma nova organização, ou seja, florestas Active Directory  diferentes, vem depois da migração das contas geralmente feita pela ferramenta da Microsoft ADMT (Active Directory Migration Tool). Devemos contemplar os seguintes pontos:

  • Para ocorrer a sincronização de diretório o ADC não é suportado, porque o mesmo só trabalho entre Active Directory e Exchange 5.5 Directory. Entre organizações Exchange 2000/2003 devemos utilizar o IIFP (Identity Integration Feature Pack).

Um ponto chave na migração entre Organizações é que o usuário migrado terá acesso a Global Address List (GAL) somente dos usuários que já foram migrados, caso não tenha a sincronização de diretório. A sincronização é importante neste quesito, caso não seja necessário uma GAL sincronizada durante o período de migração as soluções de ADC ou IIFP não precisam ser implementadas. Mas saliento que isto causa impacto no usuário final.

 

Conclusão

Neste artigo verificamos os detalhes para criação de uma estratégia correta de migração entre o Exchange 5.5/2000/2003 para o Exchange 2003 seja na mesma organização ou Inter-Organizações. Vimos apenas um esboço de como podemos definir a melhor forma de migração para o Exchange Server 2003, é imprescindível para qualquer migração com sucesso ter os backups atualizados do sistema de correio antigo e do novo sistema.

Fonte: http://www.juliobattisti.com.br/tutoriais/andersonpatricio/exchange2k3001.asp

   

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.