Home Matérias / Concurso Português – Colocação pronominal


Em relação ao verbo os pronomes oblíquos átonos (me, nos, te, vos, o, a, os, as, lhe, lhes, se) podem aparecer em três posições distintas:

Antes do verbo – PRÓCLISE;

No meio do verbo – MESÓCLISE;

Depois do verbo – ÊNCLISE.

 

PRÓCLISE

Esse tipo de colocação pronominal é utilizada quando há palavras que atraiam o pronome para antes do verbo. Tais palavras são:

 

– Advérbio

Exemplo:

Não me arrependo de nada.

Advérbio

Hoje lhe contaram vários segredos.

Advérbio

 

– Pronomes

Relativos

Exemplo:

Saio com pessoas que me agradam.
Indefinidos

Exemplo:

Ninguém me deu apoio.

 

Demonstrativo

Exemplo:

Isso me deixou irritado.

Aquilo me  arrepios.

 

Conjunções subordinativas

Exemplo:

Embora me interesse pelo carro, não posso comprá-lo.

 

Frases interrogativas

Exemplo:

Como se faz isso?

Quem lhe deu o caderno?

 

Frases exclamativas

Exemplo:

Isso me deixou feliz!

 

Frases optativas

Exemplo:

Deus o ilumine.
Existem casos que se pode utilizar tanto a próclise como a ênclise:

– Pronomes pessoais do caso reto. Se houver palavra atrativa, usa-se a próclise.

Exemplos:

Ele lhe entregou a carta.

Ele entregoulhe a carta.

 

– Com infinitivo não flexionado precedido de palavra negativa ou preposição.

Exemplo:

Vim para te ajudar.

Vim para ajudar-te.

 

MESÓCLISE

Essa colocação pronominal é usada apenas com verbos no futuro do presente ou futuro do pretérito, desde que não haja uma palavra que exija a próclise.

Contarteei um grande segredo. (futuro do presente)

Jamais te contarei um grande segredo.

Palavra atrativa

Observação: nunca ocorrerá a ênclise quando a oração estiver no futuro do presente ou no futuro do pretérito.

 

ÊNCLISE

Sempre ocorre ênclise nos casos abaixo:

– A oração é iniciada por verbo, desde que não esteja no futuro.

Exemplo:

Informei-o sobre o resultado do vestibular.

Esperava-se mais desse computador.
– Com o verbo no imperativo afirmativo.

Exemplo:

Levanta-te .

 

– Orações reduzidas de infinitivo.

Exemplo:

Espero contar-lhe tudo.

 

ALTERAÇÕES SOFRIDAS PELOS PRONOMES O, A, OS, AS QUANDO COLOCADOS EM ÊNCLISE

Dependendo da terminação verbal os pronomes O, A, OS, AS, podem sofrer alterações em sua forma. Veja:

– Quando o verbo terminar em vogal, os pronomes não sofrem alterações.

Exemplo:

Ouvindoo

Partindoo

 

– Se o verbo terminar em R, S, ou Z, perde essas consoantes e os pronomes assumem a forma LO, LA, LOS, LAS.

Exemplo:

Compôs » compô-lo.

Perder » perde-lo.
– Se o verbo terminar em som nasal (am, em, -ão), os pronomes assumem a forma NO, NA, NOS, NAS.

Exemplo:

Praticam » praticam-nas.

Dispõe » dispõe-nos.

 

COLOCAÇÃO PRONOMINAL NAS LOCUÇÕES VERBAIS

Podem ocorrer as seguintes colocações pronominais:

1 – VERBO AUXILIAR + INFINITIVO OU GERÚNDIO

– depois do verbo auxiliar, se não houver justificativa para o uso da próclise.

Exemplo:

Devo-lhe entregar a carta.

Vou-me arrastando pelos becos escuros.

 

– depois do infinitivo ou gerúndio.

Exemplo:

Devo entregar-lhe a carta.

Vou arrastando-me­ pelos becos escuros.

 

Se houver alguma palavra que justifique a próclise, o pronome poderá ser colocado:

– Antes do verbo auxiliar;

– Depois do infinitivo ou gerúndio.

 

– antes do verbo auxiliar

Exemplo:

Não se deve jogar comida fora.

Não me vou arrastando pelos becos escuros.

 

– depois do infinitivo ou gerúndio.

Exemplo:

Não devo calar-me.

Não vou arrastando-me pelos becos escuros.

 

VERBO AUXILIAR + PARTICÍPIO

Se não houver palavras que justifique o uso da próclise, o pronome ficará depois do verbo auxiliar. Caso a locução verbal não inicie a oração, pode-se colocar o pronome oblíquo em duas posições: antes do verbo auxiliar ou entre os dois verbos. Não se coloca o pronome oblíquo após o particípio.

Exemplo:

Haviam-me ofertado um alto cargo executivo.

Não me haviam ofertado nada de bom.

 

CONCLUSÃO

Vimos nesse tutorial o assunto colocação pronominal, ou seja, a colocação dos pronomes átonos (o, a, os, as) em relação ao verbo. Tal colocação pode aparecer em três posições distintas; a próclise que é a colocação dos pronomes antes do verbo; a mesóclise que ocorre quando o pronome é colocado no meio do verbo. Essa colocação só é utilizada no futuro do presente e no futuro do pretérito, desde que não haja uma palavra que exija a próclise. Já a ênclise é usada depois do verbo, quando esse inicia uma oração, se o verbo estiver no imperativo afirmativo e nas orações reduzidas de infinitivo.

Os pronomes átonos sofrem determinadas alterações quando colocados em ênclise tais como:

O verbo quando termina em R, S ou Z, o verbo perde essas consoantes e os pronomes assumem a forma LO, LA, LOS, LAS;

Quando o verbo termina em som nasal os pronomes assumem as formas NO, NA, NOS, NAS.

Nas locuções verbais podem ocorrer as seguintes colocações:

Verbo auxiliar + infinitivo ou gerúndio;

Verbo auxiliar + particípio.

Fonte: http://www.juliobattisti.com.br/tutoriais/josebferraz/colocacaopronominal001.asp

   

Leave a Reply

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.